2 de fev de 2015

Nibiru 2015




Pelo Espaço Sideral  

Ele não é dessa galáxia,
definitivamente.
Talvez exista em outra dimensão,
talvez não.
É possível que tenha sido
engolido
por um buraco negro,
absurdo,
ou seja feito de matéria negra
e eu não possa enxergar,
apesar de estar preenchendo
o espaço que me rodeia.
E se for aquela estrela
que brilha por mim de madrugada
é romântico,
mas pouco prático.
Eu busco o prático!
Busco a forma e a matéria,
e a união de mundos subjetivos
e habitáveis.

Autor (Poesia de: Flávia Marques)
Excelente Poetisa!

...