24 de jun de 2016

Mandala da Meditação - Lilás / Violeta - Base numérica 9

Imagem: Mandala da Meditação by Ellen Allmye


Mandala da Meditação - Lilás / Violeta - Base numérica 9

MEDITAÇÃO
Mandala - base numérica 9

(número de pétalas nas mandalas, subtrai-se até chegar ao 9. Ex.: 18 /1+8=9)
Indicada para a meditação. Favorece à introspecção e amplia a visão mais profunda e a compreensão dos mistérios do universo. É preciso abstrair e compreender a necessidade da reflexão e da espera para conhecer os poderes da Mandala com base numérica nove. Intimamente ligada à sabedoria, esta Mandala ativa o contato com a evolução interior. Também tem grande poder de proteção. Utilize a vibração da base numérica nove para quando estiver em momentos de profundo aprendizado e reavaliação da vida e de seus conceitos e atitudes. Esta Mandala o protegerá e ativará a chegada da verdadeira recompensa por sua evolução.

LILÁS/VIOLETA:

Tem efeito purificador, transforma as energias negativas em positivas. Ótimo para a saúde. Acalma o coração, a mente e os nervos. São cores de transformação do mais alto nível espiritual e mental, capazes de combater os medos e contribuir para a paz. Elas têm um efeito de limpeza para os transtornos emocionais. Também nos conectam com os impulsos musicais e artísticos, o mistério, a sensibilidade, a beleza e os grandes ideais - inspirando-nos sensibilidade, espiritualidade e compaixão.


20 de jun de 2016

13 Sintomas da Expansão da Consciência

Imagem: Mandala Expansão da Consciência by Ellen Allmye

13 SINTOMAS QUE MOSTRAM SE SUA CONSCIÊNCIA ESTÁ EM EXPANSÃO


Você perceberá que a sua consciência está realmente expandindo, logo saindo do módulo linear-cartesiano para o módulo quântico…

1) Quando se responsabiliza mas não se culpa.
Você é a causa de Tudo mas não tem culpa de nada (deixe a culpa nas instituições religiosas).

2) Quando se frustra mas se responsabiliza.
O outro nunca deve ser responsabilizado pelas suas frustrações.

3) Quando se responsabiliza com totalidade.
Você é 100% responsável por tudo que está vivendo ou pela realidade que está existindo.

4) Quando não mais se vitimiza.
Ninguém faz nada com você é você que faz a si mesmo. Portanto, ninguém te magoa é você que se deixa magoar; ninguém te machuca é você que é machucável; ninguém te ofende é você que se permite ficar ofendido, e assim por diante.

5) Quando cessam as expectativas sobre os outros
O outro não reencarna para te agradar ou fazer o que quer ou espera para Você ficar bem.

6) Quando preenche a si mesmo 
Você deve suprir as tuas próprias necessidades emocionais e não projetá-las no outro em forma de carência. Pois carência é a necessidade de se dar e não de receber.

7) Quando reconhece o poder da solitude
Se sentir só, é a falta em si da sua própria presença e não de humanidade (pessoas ao seu redor).

8) Quando resgata o poder próprio
Nada tem Poder sobre você a menos que você dê o seu poder, pois você é o único Poder.

9) Quando percebe que Deus está disseminado em tudo, inclusive dentro de você mesmo.
Nada está acima de você, nem mesmo “Deus”, pois até mesmo “Deus”, o vácuo-quântico, está dentro da sua própria “carne”.

10) Quando nos aceitamos na igualdade e imperfeição 
Você, o outro, ninguém é melhor ou pior, mais ou menos, todos são o que podem ser.

11) Quando nada compromete a liberdade
Sempre a melhor escolha é aquela em prol da sua liberdade.

12) Quando nos conscientizamos da imensidão viva do universo
Você não começa e nem termina em sua pele.

13) Quando sabe que se transcende a tudo e a todos
Você está aqui para se libertar de absolutamente tudo, inclusive de si mesmo, para que então possa amar tudo e ao próximo quanto a ti mesmo.

Autor: Horácio Frazão

 

17 de jun de 2016

Equilíbrio Espiritual, Emocional, Material

Imagem: Mandala do Equilíbrio by Ellen Allmye


Equilíbrio Espiritual, Emocional, Material

Existem três bases para entender o desenvolvimento espiritual:  O plano emocional e afetivo em paralelo com a parte financeira e profissional. Essas duas bases sustentam o terceiro eixo, que é o desenvolvimento espiritual.

Muitos de vocês querem chegar ao plano espiritual sem ter a base abaixo. Biologicamente vocês precisam de um par porque biologicamente são seres incompletos. Isso é matemática.

Por outro lado, vocês estão em uma realidade física na qual necessitam sustentar-se financeiramente. Portanto, todos devem estar materialmente equilibrados em nível de profissão e economia.  Quando o nível emocional e material estão em equilíbrio, o espiritual se desenvolve mais fácil.

Muitos projetam apenas o plano espiritual e o colocam a frente de sua estrutura financeira e profissional, alguns inclusive, emocional. Largam empregos, não trabalham e pensam que passar o dia meditando estarão resolvendo seus problemas, que o plano espiritual irá resolver tudo.

Na Terra não é assim! Alguns constroem castelos no plano espiritual sem as bases do plano material, criam as formas-pensamentos no plano espiritual, mas não formatam no plano material. Onde está o equilíbrio?

Isso a médio e longo prazo gera desequilíbrio no plano da matéria, econômico e emocional, o que afeta o espiritual, gerando o choque com as entidades ou energias que impedem o crescimento espiritual do ser.

Algumas linhas religiosas ensinaram no passado que uma pessoa espiritualizada tem que fazer votos de pobreza, porque somente o que não tem acesso à riqueza chega a Deus, o que é uma mentira. Isso está formatado no inconsciente coletivo do planeta e é sustentado pelo SGS.

Nota Cura e Ascensão: Inclusive é sustentado que todo ensinamento espiritual deve ser gratuito e  que não se deve cobrar por nenhum ensinamento espiritual. Outra lavagem cerebral, pois o que eles querem na verdade que a humanidade não tenha acesso às verdadeiras informações.

Vocês devem trabalhar, além do espiritual, as duas bases: material e emocional. Cada um é responsável pela sua ascensão, mas às vezes para atingi-la deve-se “esquecer” por um tempo da “missão espiritual”e viver o mundo material, no reto-pensar e reto-viver. A espiritualidade não paga as contas de vocês. Vocês devem pagar as contas em dia, isso também faz parte de um ser espiritualizado! Meditar o dia inteiro não paga as contas de vocês! Compreendem? Ter “nome sujo” como vocês dizem não é um ato de uma pessoa espiritualizada. Ética na espiritualidade é ética na materialidade.

Nós compreendemos essa dificuldade em equilibrar o material-emocional-espiritual, passa com muitos de vocês e vai continuar a passar, pois é uma programação mental. Entendam que a missão de vocês no planeta não é ser alguém espiritualmente importante, é ser espiritualmente completo com vocês mesmos. Apenas isso! Essa é a missão de cada um, a paz interna e consequentemente, a ascensão.

Poucas pessoas estão neste planeta com uma missão como a de Blavaski, mas vocês sabem como foi a vida dela? Foi uma vida extremamente dura, muito mais do que vocês imaginam, para que ela conseguisse fazer o que fez. Ela teve todos contra ela.

Alguns possuem um holograma que desenvolver um trabalho espiritual é a sua grande missão não é, essas pessoas que vem ao planeta deixar essas informações aceitam isso, mas pagam um preço alto, como vocês dizem, muito mais alto do que a maioria de vocês consegue. É mais fácil vocês trabalharem o seu caminho espiritual, a sua conexão com o Eu Sou e ser uma formiguinha desconhecida, mas estar na Luz, do que querer ser ou parecer um grande guru ou mestre espiritual. As pessoas que se apresentam como gurus e mestres espirituais são vampirizadas energeticamente por seus discípulos, que querem muletas espirituais para chegar ao outro plano.

As pessoas que estão anônimas na espiritualidade mas realizam o seu trabalho são as pessoas que conseguem mais rapidamente o acesso à verdadeira espiritualidade. Algumas bases do conceito espiritual que vocês possuem estão equivocadas. A verdadeira espiritualidade é vocês sentirem a conexão com a Fonte.

Quando se conquista essa conexão vocês possuem todos os contatos necessários e isso independe da conta bancária de vocês. A energia monetária pode dar as bases, a comodidade para existir na matéria e ter uma vida mais agradável neste sentido. Por exemplo, alguns de vocês necessitariam fazer trabalhos espirituais em alguns pontos do planeta, em outros países, de limpeza de aspectos pessoais. Porém, como vão realizar se não têm a energia monetária para isso? Então vocês acabam realizando por projeções extra-físicas, porém se estivessem lá fisicamente resolveriam em 5 minutos o que em projeções extra-físicas podem levar 2 anos.

Vocês devem tirar de suas mentes o conceito de que a energia monetária os afasta de Deus, isso é uma mentira. Esta energia é uma ferramenta que permite que vocês tenham acesso a informação, a estudo, a viagens, a facilidades.

Saint Germain, Jesus, São Francisco (Kuthumi), Kuan Yin, Madalena, Gautama e muitos outros mestres nasceram em família com dinheiro. Essa história de que Jesus nasceu em uma família pobre, como alguns contam é mentira, já que ele nasceu na Casa de Davi. Gautama foi filho de um rei; depois ele abriu mão de sua fortuna, mas ele nasceu na fortuna e foi através dela que ele teve acesso ao estudo, conhecimento e à oportunidade de escolher entre viver a fortuna ou conhecer a pobreza.

O que pode ocorrer para muitas pessoas é que o dinheiro corrompe, isso é um outro problema, mas somente ocorre com pessoas desequilibradas, mas é o amadurecimento de cada um.

Desenvolver qualquer projeto espiritual sem a base material não tem sucesso porque vocês vivem em um mundo material, regido pela matéria.  Qualquer projeto que vocês queiram desenvolver para ajudar as pessoas precisa da energia monetária. Mesmo que o trabalho seja espiritual, as bases são materiais, compreendem?

Fiquem na Luz.

Voronandeck Shtareer
Rodrigo Romo
Madrid - Espanha  24 de outubro de 2010
Mensagem ao vivo em espanhol, transcrita e adaptada para texto.


©2015 Solange Christtine Ventura
Fonte: http://www.curaeascensao.com.br/mensagens_arquivos/mensagens225.html

Imagem: Mandala do Equilíbrio by Ellen Allmye

13 de jun de 2016

Oração da Prosperidade dos 21 dias

Imagem: Mandala da Prosperidade by Ellen Allmye


ORAÇÃO DA PROSPERIDADE: 21 dias

Quer experimentar uma mudança em todas as áreas da tua vida?
Eu te desafio a fazer essa oração comigo durante 21 dias!

Oração da Prosperidade

– Eu sou a fonte de toda riqueza. Sou rico em ideias criativas. Minha mente transborda de pensamentos novos, originais, inspirados.

– O que tenho a oferecer é único, e o mundo o deseja.

– Meu valor vai além de qualquer avaliação. Aquilo que o mundo procura e deseja, estou pronto para produzir e oferecer.

– Aquilo que o mundo precisa e deseja, eu reconheço e realizo. A abundância da minha mente não tem obstáculos nem limites. Nada pode impedir minha inspirada criatividade.

– O super abundante poder da energia de vida de Deus supera qualquer obstáculo e transborda sobre o mundo, abençoando e prosperando a todos e a tudo, através de mim.

– Eu irradio bênçãos. Eu irradio criatividade. Eu irradio prosperidade. Eu irradio serviço amoroso. Eu irradio alegria, beleza, paz, sabedoria e poder. A Humanidade me procura e me recompensa. Sou amado pelo mundo.

– Eu sou querido onde quer que eu vá. Eu sou valorizado.

– O que tenho a oferecer é intensamente desejado. O que tenho a oferecer traz rica recompensa. Através de minha visão, o mundo todo é abençoado. Através do meu raciocínio claro e meu firme propósito, maravilhosos novos valores ganham expressão.

– Minha visão é a visão dos poderosos. Minha fé é a fé dos imbatíveis. Meu poder de realizar é ilimitado. Eu, em minha Suprema Fonte Divina, sou toda a riqueza, todo o poder, toda a produtividade.

– Eu aqui declaro minha liberdade financeira, AGORA e para todo o sempre.”


Por:  Raquel de Menezes Davis - Certificada como Master Coach Practitioner&PNL - Spiritual Coach de Transformação


Fonte: https://osegredo.com.br/2015/02/oracao-da-prosperidade-2/

Imagem: Mandala da Prosperidade by Ellen Allmye

11 de jun de 2016

Reencontro das Almas Gêmeas - Arcanjo Miguel

Imagem: Mandala da Chama Gêmea by Ellen Allmye


Uniões de Almas Gêmeas: Corpo, Alma e Espírito, na Nova Terra da Quinta Dimensão

Arcanjo Miguel através de Celia Fenn
 

Meus caros, uma das maiores dádivas da Quinta Dimensão serão os alegres e amorosos relacionamentos que vocês criarão e usufruirão como seres despertos.

Quando vocês despertarem para o vosso poder e abrirem os vossos corações, então criarão os mais belos e amorosos relacionamentos de almas gêmeas.

Vocês não se fixarão em nada que não seja uma união de almas gêmeas.
Muitos de vocês perguntam "Quem é a minha Alma Gêmea?", especialmente aqueles que ainda estão sós neste momento.

E muitos encontram-se sós ou esperando para deixar um relacionamento que não mais funciona para eles.

Este desconforto é porque estão sendo solicitados a deixar ir os relacionamentos de terceira dimensão e a mudarem-se completamente para as uniões de quinta dimensão.

Nós dizemos-vos que vossa alma gêmea não é nenhuma pessoa em particular.
Frequentemente existem muitas pessoas que poderiam oferecer padrões de alma compatíveis com vocês.

Neste momento de transformação e "atualização", pode ser oferecida a vocês mais de uma oportunidade de formarem uma ligação de alma gêmea.

A chave é a compatibilidade de alma.
Isto é uma compatibilidade energética nas Dimensões Superiores.
As pessoas que formam uma ligação de alma gêmea terão almas cujas harmônicas de luz e som combinam o suficiente para haver o potencial para que as duas almas
se fundam completamente e formem uma União de Chama Gêmea.

Esta compatibilidade harmônica é sentida como uma profunda atração magnética e harmonia.

Vocês saberão quando encontrarem um potencial parceiro de alma gêmea.
Vossa alma saberá, e o reconhecimento da alma e do Eu Superior vos será repassado imediatamente.

No estado desperto de Quinta Dimensão, a experiência das vossas almas e as suas escolhas serão sentidas por vocês como vossas próprias escolhas e experiências pois, de fato, todo o objetivo da transformação para a Quinta Dimensão foi para que alinhassem vossos aspectos físicos com os vossos aspectos superiores.

Mas o que vos diremos é que as vossas almas escolhem um par por uma razão, e esta razão é servir um bem maior.

Uniões de almas não são definidas pelo ego.
Elas não são para a felicidade pessoal do ego, mas sobre como a energia das duas almas podem ser combinadas para servirem ao bem maior.

E neste aspecto de serviço é encontrada a felicidade e a alegria que une os dois no plano material e forma a fundação para a felicidade no mundo físico.

No passado, uma união de alma gêmea podia ser formada para fazer intenso trabalho interno.

Nem todas as uniões de almas gêmeas eram felizes, pois o trabalho das duas almas pode ter envolvido o esclarecimento de profundos padrões disfuncionais que fossem comuns a ambos.

Mas esse processo foi concluído e completado.
Deste ponto em diante, uniões de almas gêmeas são sobre a criação de alegria e
felicidade através do serviço.

As uniões da Nova Terra serão para servir o planeta num estado de harmonia jubilosa onde os dois tornam-se um em seu comprometimento com seu trabalho como seres de luz no planeta.

Isto não significa que precisarão trabalhar juntos fisicamente, mas que suas almas e energias darão apoio uma a outra nos níveis superiores para o bem comum.

Trazendo para o Físico um Relacionamento de Almas Gêmeas : O Papel do Sexo Sagrado.

Quando um relacionamento é estabelecido pelos princípios da alma, a ideia do serviço e da espiritualidade é conduzida através do reino físico ou reino de manifestação.

A união física do casal é vista como um ato sagrado no qual as energias do masculino e feminino, ou yin e yang, são trazidas para uma harmonia amorosa e de êxtase.

Isto significa que numa união de alma gêmea, deverá haver uma decisão sobre que tipo de energia será ativada por cada parceiro na relação.

Idealmente, o homem ativará a energia Yang do Divino Masculino, ou Deus, e a mulher ativará a energia do Divino Feminino ou Deusa.

Sua união será então uma harmônica equilibrada do Yin e do Yang.
Contudo, poderão haver também relacionamentos onde a mulher escolherá ser a energia yang, e o homem solicitará a energia feminina ou Yin.

Em uniões homossexuais ou lésbicas, os parceiros deverão decidir quem ativará uma energia em particular a fim de criarem a união das energias Yin e Yang que criarão o caminho para as Dimensões Superiores.

A dificuldade que muitos de vocês estão tendo é a de ajustarem-se a estes novos papéis.

O parceiro que escolher a energia Feminina precisará render-se à liderança ativa do parceiro que assumir a energia masculina.

Isto não é dominação ou controle, mas um ajuste necessário para permitir o fluxo da energia harmônica equilibrada dos Níveis Superiores que cria milagres entre as duas pessoas.

Quando o Feminino rende-se à liderança ativa do Masculino, a Ordem Divina é estabelecida.

A Graça Divina pode então fluir. Mas, este é um ato de rendição mútua, pois o parceiro masculino precisa render-se ao amor do parceiro feminino, e em troca ambos os parceiros rendem sua vontade à orientação superior.

No presente, muitos de vocês estão resistindo a estes ajustes, porque a vossa experiência tridimensional os levou a resistirem ao que entendem como dominação ou controle, ou manipulação e coerção.

Mas, além da disfunção das mentiras tridimensionais encontra-se o reino de equilíbrio e harmonia da quinta dimensão, onde o masculino e feminino existem em perfeita harmonia e como iguais perfeitos, não há medo ou raiva neste lugar de equilíbrio, apenas aceitação e amor.

Este equilíbrio perfeito vai-se refletir nas uniões sexuais do casal.
Na Nova Terra, o sexo e a sexualidade serão baseadas no espírito e serão prazerosas e alegres.

Os velhos padrões de abuso e domínio desaparecerão.
Os casais aprenderão sobre a energia ou chi em relação aos seus corpos e à sua sexualidade.

Aprenderão como usar o sexo não apenas como ferramenta de procriação ou expressão de amor, mas também como uma forma de permanecerem jovens e saudáveis.

Os antigos segredos da alquimia sexual tornar-se-ão novamente de conhecimento
comum e serão praticados como Sexo Sagrado, o que se tornará parte das uniões de almas gêmeas.

Abrindo o Caminho para o Espírito e Uniões de Chamas-Gêmeas.
Quando um casal de almas gêmeas unirem-se nesta ligação de corpo e alma, começarão a misturar as suas energias da alma.

A prática do sexo sagrado lhes permitirá vivenciarem a alegria extática do retorno à Unidade como uma experiência física.

Esta união e mistura de energias do corpo e da alma criarão um vórtex espiral ou caminho para o reino do Espírito e da Fonte.

Esta energia será então drenada dos Planos Superiores para ativar e energizar as almas e corpos dos dois parceiros.

No mundo antigo, os rituais do casamento sagrado e sexo sagrado eram praticados
por sacerdotes e sacerdotisas para assegurar o fluxo de Graça Divina para a comunidade mantendo o equilíbrio do microcosmo em perfeita ordem.

Na Nova Terra, todos os casais unidos pela alma terão a oportunidade de entrarem em "casamentos sagrados" onde aprenderão a unirem as suas energias e trazerem o fluxo da Graça Divina ao Planeta.

Quando a Graça fluir através de um casal de almas gêmeas desta forma, eles terão acesso às mais altas expressões de Divino Amor Incondicional e poderão tornar-se Chamas-Gêmeas.

Tornar-se-ão um na energia da Fonte ou Espírito.
Seu amor um pelo outro inclui e é refletido pelo Amor Incondicional da Essência Divina.

Eles serão então, verdadeiramente, o Deus e Deusa unidos no serviço da Chama do Divino Amor Incondicional e as suas manifestações no Planeta Terra.

E, repetimos, isto está disponível para todos que formarem uniões de almas gêmeas na Nova Terra de Quinta-Dimensão. Esta é uma dádiva de grande alegria para a qual vocês todos trabalharam por muitas vidas de dualidade.

É a dádiva de Consciência da Unidade em prática.

Amor Incondicional, Sexo e Espírito :

Uma Antiga História Egípcia

Meus caros, ao retornar ao Planeta a sabedoria dos antigos, vocês apreciarão novamente as histórias de sabedoria dos Deuses e Deusas. Trazemos à vossa atenção uma bela história de sabedoria do antigo Egito. Para demonstrar o seu entendimento da importância do sexo sagrado ao serviço da harmônica sagrada do equilíbrio, eles contaram a história de Geb e Nut.

Nut era a mãe do céu, a Cósmica ou Galáctica Deusa Mãe.
Geb era o Pai da Terra, e representava o Planeta Terra, que era visto como um homem (uma identificação que novamente começará a se tornar evidente na Nova Terra quando os homens reassumirem o seu papel xamânico ativo).

Nesta história, Nut e Geb, ou Terra e Céu, juntavam-se diariamente em união sexual.
Desta união, Nut dava a luz ao sol a cada dia, o que trouxe luz a tudo.
Portanto, entendia-se que o sexo sagrado trazia luz ao Planeta.
Isto cria o equilíbrio sagrado que permite a Graça Divina fluir.
E quando a Graça Divina flui, os milagres são criados!

Portanto, meus caros, ao assumirem os papéis do Deus e da Deusa que é o vosso direito como anjos humanos, vocês também será conduzidos, pelo espírito, a parceiros de alma gêmea potenciais.

Se assim o escolherem, poderão então entrarem num casamento sagrado que será parte de vosso serviço de trazerem luz para o planeta.

É a dádiva de alegria que é oferecida a todos Anjos Humanos de Quinta Dimensão!

Fonte: http://www.curaeascensao.com.br/arcanjo_miguel/arcanjomiguel52.html

Imagem: Mandala da Chama Gêmea by Ellen Allmye

8 de jun de 2016

Almas que se encontram - Paulo Fuentes

Imagem: Mandala das almas by Ellen Allmye



ALMAS QUE SE ENCONTRAM ...

Dizem que para o amor chegar...
Não há dia...
Não há hora...
E nem momento marcado para acontecer.

Ele vem de repente e se instala...
No mais sensível dos nossos órgãos...
O coração.

Começo a acreditar que sim...
Mas percebo também...
Que pelo fato deste momento...
Não ser determinado pelas pessoas...
Quando chega, quase sempre...
Os sintomas são arrebatadores...
Vira tudo às avessas...
E a bagunça feliz se faz instalada.

Quando duas almas se encontram...
O que realça primeiro...
Não é a aparência física...
Mas a semelhança das almas.

Elas se compreendem...
E sentem falta uma da outra....
Se entristecem...
Por não terem se encontrado antes...
Afinal tudo poderia ser tão diferente.

No entanto sabem que o caminho é este...
E que não haverá retorno...
Para as suas pretensões.

É como se elas falassem além das palavras...
Entendessem a tristeza do outro...
A alegria e o desejo...
Mesmo estando em lugares diferentes.

Quando almas afins se entrelaçam...
Passam a sentir saudade uma da outra...
Em um processo contínuo de reaproximação...
Até a consumação.

Almas que se encontram...
Podem sofrer bastante também...
Pois muitas vezes...
Tais encontros acontecem...
Em momentos onde não mais podem extravasar...
Toda a plenitude do amor...
Que carregam, toda a alegria de amar...
E de querer compartilhar a vida com o outro...
Toda a emoção contida...
À espera do encontro final.

Desejam coisas que se tornam quase impossíveis...
Mas que são tão simples de viver...
Como ver o pôr-do-sol...
Ou de caminhar...
Por uma estrada com lindas árvores...
Ver a noite chegar...
Ir ao cinema e comer pipocas...
Rir e brincar...
Brigar às vezes...
Mas fazer as pazes...
Com um jeitinho muito especial.

Amar e amar, muitas vezes...
Sabendo que logo depois...
Poderão estar juntas de novo...
Sem que a despedida se faça presente.

Porém muitas vezes...
Elas se encontram em um tempo...
E em um espaço diferente...
Do que suas realidades possam permitir.

Mas depois que se encontram...
Ficam marcadas ... tatuadas...
E ainda que nunca venham a caminhar...
Para sempre juntas...
Elas jamais conseguirão se separar...
E o mais importante ...
Terão de se encontrar em algum lugar.
Almas que se encontram...
Jamais se sentirão sozinhas...
Porquanto entenderão, por si só...
A infinita necessidade...
Que têm uma da outra para toda a eternidade.

Autor: Paulo Fuentes

Imagem: Mandala das almas by Ellen Allmye

6 de jun de 2016

Relacionamentos Espirituais

Imagem: Mandala do Relacionamento by Ellen Allmye

RELACIONAMENTOS ESPIRITUAIS
UM NOVO NÍVEL DE INTIMIDADE E DE PARTICIPAÇÃO

Todos os relacionamentos são relacionamentos espirituais, e, entretanto, até este ponto no tempo, a humanidade não esteve totalmente consciente do grande mistério, poder e bênçãos que estão por trás dos relacionamentos humanos. Do mais inócuo dos relacionamentos, tais como aquele que poderíamos ter com um vizinho ou com um cooperador, aos relacionamentos mais íntimos com um esposo, companheiro ou membro da família, todos os relacionamentos têm um significado ou propósito mais profundo, e são infinitamente mais vastos e mais complexos do que podemos atualmente imaginar.

Em tempos passados, os seres humanos contavam com a comunicação verbal ou escrita para se conectarem com os outros. Mais recentemente o desenvolvimento das novas tecnologias da comunicação abriu mais possibilidades para a comunicação, não somente com aqueles que estão próximos fisicamente, mas com qualquer pessoa que tenha acesso a um telefone ou conexão com a internet. Estes avanços na tecnologia estão se igualando ao desenvolvimento evolutivo da humanidade. Enquanto nos tornamos mais conscientes de estarmos conectados com toda a vida, assim criamos novos modos de estarmos mais conectados.

No momento presente, muito mais é agora possível no modo da comunicação humana, a qual está expandindo intensamente o âmbito de possibilidades nos relacionamentos humanos. A rede da consciência humana está se expandindo e recebendo mais no modo da luz espiritual, o que está despertando muitas potencialidades adormecidas dentro de nossa consciência individual e coletiva.
Vocês podem ter notado que estão tendo sonhos mais vívidos, sentindo as emoções e os pensamentos de outros, ou se tornando mais sensíveis em geral, às energias e aos ambientes. A consciência humana está se tornando mais permeável, o que está permitindo uma maior intensidade de comunicação entre as pessoas.

Outro processo de mudança que está acontecendo, é que em toda parte, estamos nos tornando mais conscientes de nossa vida interior, de nossos pensamentos, sentimentos, sonhos, desejos e motivações. A luz espiritual maior que está se expandindo na Terra está brilhando intensamente, iluminando a nossa consciência e trazendo à superfície até aquelas nossas partes que estiveram escondidas. Este processo pode intensificar muito a nossa vida emocional, e também abrir novas possibilidades para nós nos liberarmos dos velhos e habituais padrões de defesa que podem ter nos mantido protegidos no passado, mas que não são mais necessários agora.

Enquanto começamos a nos libertar dos velhos padrões de defesa, dos auto-julgamentos e expectativas, surge um novo eu do pó de nossa identidade anterior. Nós nos percebemos mais capazes de estarmos presentes no momento para amarmos, e menos temerosos ou necessitados de nos defendermos. Quanto mais e mais pessoas entrarem neste espaço dentro de si mesmas, um campo de luz começa a infundir na rede da consciência humana. Esta luz já está ativada agora, e movendo-se na consciência individual e coletiva da humanidade.

O que isto significa é que um nível inteiramente novo de relacionamento e intimidade é agora possível entre as pessoas. Nós não estamos falando de intimidade física, mas uma proximidade muito maior que tem a ver com o desenvolvimento de um nível espiritual de relacionamento. Este tipo de relacionamento é o do coração, e não requer proximidade física, laços familiares ou mesmo muito tempo gasto juntos. Um relacionamento espiritual inclui a totalidade do nosso ser, e transcende papéis, necessidades pessoais e história.

A fim de que a intensidade do relacionamento espiritual desabroche entre duas ou mais almas, o que é necessário é um compromisso de cada indivíduo de voltar o foco de sua necessidade de amor em direção ao divino. Quando cada um se volta em direção à fonte divina, com todo o amor do Criador, nós liberamos os nossos amigos, a família e os nossos amados da expectativa de que eles devam satisfazer as nossas necessidades pessoais de amor. Quando esta expectativa é liberada, isto também liberta os indivíduos envolvidos de um constante sentimento de desapontamento ou de traição, desde que nenhum de nós pode realmente satisfazer as necessidades do modo que Deus pode.

Isto não significa que não tenhamos necessidades em nossos relacionamentos. As crianças precisam dos seus pais, companheiros e esposos precisam confiar uns nos outros, e amigos e colegas têm necessidades por amizade, socialização e conexão. O que isto significa é que confiamos que Deus nos acalente interiormente, e deste espaço de integridade interior, uma nova qualidade de comunicação e de intimidade pode surgir.

Imaginem se vocês não mais mantivessem o ressentimento, a culpa ou o julgamento até em relação àqueles que os magoaram? Imaginem que vocês se sentissem tão plenos do amor de Deus que até um estranho fosse amado por vocês? Isto, queridos, é o futuro dos relacionamentos humanos, que já são relacionamentos espirituais, e que se tornarão mais assim no futuro, quando a humanidade se mover além da consciência de separação para aceitar a experiência da unidade.

Vocês já são amados aos olhos de Deus, e um dia vocês conhecerão este amor em cada célula do seu corpo e em cada fibra do seu ser. Queridos, o seu caminho já está se revelando em direção a este novo tempo, quando todos serão Um e o um será Todos. Para conquistar a satisfação que o seu coração deseja, interiorizem-se em direção à fonte de todo amor. Esta respiração interior divina os conduzirá em direção a tudo o que o seu coração anseia, o que se manifestará com uma perfeição inimaginável, dos modos mais extraordinários e inesperados.

Mensagem de Mashubi Rochell - Tradução: Regina Drumond 

Fonte: http://www.anjodeluz.net/Ma…/relacionamentos_espirituais.htm


Imagem: Mandala do Relacionamento by Ellen Allmye

3 de jun de 2016

Mandala da Saúde - Harmonia

Imagem: Mandala da Saúde by Ellen Allmye


Mandala da Saúde / Harmonia:

Efeito: Calmante e de Paz
Cores: Verde e motivos florais de qualquer cor.
Disposição preferencial: Divisão da casa que recebe os primeiros raios de sol.

O verde está bem no meio do espectro das cores, e é a cor da natureza. Proporciona sentimentos de paz, harmonia e tranquilidade. Acalma e revigora a alma. Na China, considera-se o verde a cor da paz e da longevidade.

A cor verde é calmante e equilibradora. Melhora qualquer estado físico negativo e energiza o corpo e a alma. Quando uma mandala tem a cor verde, suas vibrações são sempre energizadoras e, seja em que nível for, ela é benéfica para todos.

Conclusão: A Mandala é um elemento milenar na nossa cultura, desconsiderando as interpretações, o significado comum é o bem. De bem com a vida e com o que nos rodeia.
Numa altura de incertezas e crescente ansiedade, algo tão aparentemente insignificante como uma Mandala pode fazer a diferença.

Imagem: Mandala da Saúde by Ellen Allmye

1 de jun de 2016

O poder da Mandala - Um campo de força

Imagem: Mandala Rosa Chá by Ellen Allmye


O PODER DA MANDALA – UM CAMPO DE FORÇA

“...uma mandala pode alterar as vibrações daquilo que suas emanações atingem. E isso é uma realidade. Quando fazemos contato visual com uma mandala nossa energia se altera...”. Parte de um parágrafo do livro: Mandalas – Como usar a energia dos desenhos sagrados, de Celina Fioravante, Ed. Pensamento.

O poder de uma mandala está relacionado ao seu padrão de formas, cores e estrutura numérica. Estes elementos têm uma simbologia que se baseia na numerologia, na cromoterapia, assim como no conhecimento que o ser humano já tem em relação à visão e como as formas são percebidas por nossa mente e retina. Cada elemento é responsável por parte das vibrações que uma mandala é capaz de emanar na sua totalidade.
Assim como nas artes visuais, o poder das mandalas está exatamente naquilo que não podemos alcançar com palavras. Quando fazemos uma mandala pode-se dizer que ela é a expressão de nosso subconsciente, que por sua vez também não tem uma explicação definitiva, ou seja, ainda tem muito a ser explorado.

A composição das formas e das cores em uma mandala é muito importante, assim como sua forma circular e organizada em torno de um centro. Elas fascinam pela magia de seus movimentos. São símbolos que exprimem as riquezas incontáveis do subconsciente humano.
Nosso cérebro responde de maneira muito particular às imagens, que têm um poder intenso, real e indiscutível. Quem já não se sentiu calmo após ver um quadro azul e com formas organizadas e quase regulares? Pode parecer estranho, mas o poder de cura da mandala, suas características terapêuticas, sua capacidade de auxiliar na concentração e na meditação e, até, alterar estados de consciência, entre outras, deve-se à sua composição, a estes elementos acima citados e ao efeito que causam em nossa mente.

Pode ser constituída de múltiplas formas geométricas, com simbolismos gráficos e cores. A palavra, em si, significa “ ter atingido a iluminação perfeita e insuperável”.
Elementos da mandala e sua simbologia
“No interior da mandala há um ponto central, que representa a essência da mandala. Os outros elementos em geral parecem estar em ligação com este elemento e de certa forma dependem dele, pois se desenvolvem a partir de sua existência. Este ponto representa uma existência superior, a fonte de

toda criação...”. Este trecho do livro Mandalas, de Celina Fioravante, reafirma o sentido de unidade e totalidade de uma mandala, que se origina no centro dela, o começo de tudo. Esta é a simbologia do centro.

A simbologia das bases numéricas das mandalas baseia-se na numerologia. A divisão do espaço interior da mandala determina os números atuantes no desenho. Uma mandala que tem divisões cuja base numérica é o três, por exemplo, está ligada ao resultado de uma ação. Segundo a autora do livro, esta mandala representa realizações no plano da matéria a partir de motivações espirituais; ela simboliza o filho e o ar. O três é um número de comunicação, original e criativo
Já as cores são grandes responsáveis pelas emanações da mandala. O estudo das cores é muito vasto, existem muitas teorias que as classificam e definem suas particularidades. Uma delas é a cromoterapia, mais usada em processos de cura, por exemplo.Um exemplo pode ser dado a partir do vermelho: a influência do vermelho é estimulante e ativa. Afasta a depressão e tira o desânimo. Já a cor amarela incentiva e muda os pensamentos.

É uma representação do universo e de tudo que há nele. Khyil-khor é a palavra Tibetana para mandala e significa "centro do universo onde um ser totalmente iluminado habita". Os círculos sugerem totalidade,unidade, o útero, completude e eternidade.

Elas não representam uma estranha realidade, e sim, um mundo iluminado que sempre existiu que é revelado quando as manchas da raiva, apego e ignorância são transformados. Paradoxalmente estes mundos iluminados são construídos das mesmas energias que nós, em nossa visão dualística, percebemos como raiva, apego e ignorância, mas no estado iluminado, inabalável, são vistos como força, compaixão e sabedoria. Portanto, mandalas são projetos arquitetônicos ou vistas aéreas de palácios celestiais constituídos de conceitos iluminados.

Antes mesmo de compreender seu significado maior, muito antes do surgimento das religiões e doutrinas, já havia o homem entrado em contato com o mundo simbólico da mandala. Desde o principio ela encontra-se inserida na humanidade - no momento em que o homem começou a organizar-se em grupos, formados à partir de uma figura central a irradiar algum tipo de influência ou autoridade, estava sugerida a mandala, que passou a fazer-se essencialmente presente em suas danças, cerimônias e rituais de iniciação na forma de riscos e sinais feitos no chão ou em pedras.

As mandalas estão por toda a parte. Vemos sua utilização na arte pictórica, na escultura e arquitetura (as construções de vários templos antigos tem como base a disposição a representar os 4 pontos cardeais). O círculo encerra, protege, conforta. Daí, nada mais natural que o inconsciente humano lançar ao exterior sua forma preferida e afim.

Nos rituais mágicos não pode faltar o círculo protetor. Nos rituais de cura e iniciações os participantes arranjam-se em círculos ou são colocados dentro deles. As crianças aprendem a brincar de roda e seus primeiros desenhos são tentativas de imitar um círculo. Essa é a disposição do universo e da natureza, que não criam linhas retas; estas, são um produto puramente humano. Usando um pouco de sensibilidade percebermos que temos no círculo algo de sagrado, de místico e de essência incognoscível
A mandala é passado, presente e futuro. Dos povos primitivos ao homem contemporâneo, a disposição circular sempre foi largamente utilizada em suas construções e agrupamentos. A modernidade trouxe linhas retas e duras em seus edifícios, no design de automóveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e outros objetos. Mas, ao modo do fluxo e refluxo do mar, está retornando às suaves e harmoniosas formas curvas.


Não podemos falar em mandala sem pensar em "imagem". E o que é a imagem senão a representação de um ideal?

Fonte: http://portalarcoiris.ning.com/group/mandalasearteterapia

Imagem: Mandala Rosa Chá by Ellen Allmye
 

Arte das Mandalas

Imagem: Mandala Colorida by Ellen Allmye


ARTE DAS MANDALAS
 
A mandala é uma ferramenta para se conectar com o universo, com a essência da vida... Mas também pode nos levar ao encontro de nossas mais desconhecidas características pessoais. A força das formas e das cores tem poderes incríveis... Entenda a mandala e descubra o que ela pode fazer por você
Mandala (Sânscrito: "círculo") no budismo tântrico e no hindu é um diagrama simbólico usado em ritos sagrados e como um instrumento de meditação. A mandala é, basicamente, uma representação do universo, uma área consagrada que serve como um receptáculo para os deuses e como um ponto de união das forças universais.

O homem (o microcosmo) mentalmente "entrando" na mandala e "prosseguindo" para seu centro é uma analogia dos processos cósmicos de desintegração e da reintegração. -- Enciclopédia Britannica
Mandala é uma imagem circular composta por um padrão de formas que se repetem simetricamente em torno de um ponto central. Tão simples assim? Na verdade não. Uma mandala é muito mais que um simples desenho. O que confere a ela, então, a força e a magia pelas quais é conhecida?
Integração cósmica, processos de cura, contemplação divina, meditação, relaxamento, busca espiritual, função terapêutica... São inúmeras as possíveis utilizações dessas poderosas imagens.

A Mandala é um daqueles assuntos ‘clássicos e consagrados’ que tem significado tão profundo e abrangente que torna-se difícil, por vezes, encontrar definições fiéis ao seu rico sentido.
Se pensarmos bem iremos encontrar infinitas mandalas na natureza. O Sol, a Lua, um botão de rosa, algumas frutas e a própria terra são formas circulares. Assim como podem ser considerados círculos conceituais os da amizade e os familiares, por exemplo.
Esta forma geométrica básica possui grande força simbólica. O espaço interior, onde as formas se desenvolvem, é sagrado. O limite circular é, portanto, a divisão entre o divino e o mundano, entre a consciência e a inconsciência, entre a alma e a matéria, entre a união e a desagregação.

A palavra Mandala encontra sua origem na antiga língua hindu, o sânscrito. Esta palavra significa “círculo”, mas uma mandala é muito mais que uma forma. Ela representa a totalidade, a perfeição, a qualidade do que é completo. Há milhares de anos ela é um instrumento de contemplação do divino e meditação. Seria com se fosse o mundo projetado geometricamente e reduzido a uma amostra essencial, totalizante. Significa a unidade, a parte que representa o todo.
Existem muitas abordagens sobre o assunto, cada parte do mundo tem sua maneira de interagir e utilizar as mandalas. São do Oriente os primeiros registros de sua utilização, para fins religiosos, mas desde o tempo das cavernas já se tem notícia de sua existência por meio de desenhos encontrados em cavernas.

Mesmo sem conhecer do assunto, experimente terapeuticamente pintar um daqueles desenhos, deixando sua criança interior se expressar.
Depois não esqueça de contar-nos suas experiências.

Fonte: http://portalarcoiris.ning.com/group/mandalasearteterapia

Imagem: Mandala Colorida by Ellen Allmye

Mandala - Jung - Arco íris

Imagem: Mandala Arco íris by Ellen Allmye


MANDALA - JUNG

Universalmente a mandala é o símbolo da totalidade, da integração e da harmonia.
A união dos opostos num nível mais alto da consciência, não é uma questão racional e muito menos uma questão de vontade, mas um processo de desenvolvimento psíquico, que se exprime em símbolos.

Mandala significa círculo e particularmente círculo mágico. As mandalas não se difundiram somente através do oriente, A Idade Média e em especial a baixa Idade Média é rica de mandalas cristãs. Em geral o Cristo é figurado no centro e os quatro evangelistas ou seus símbolos, nos pontos cardeais. Horus e seus quatro filhos foram representados da mesma forma, entre os egípcios.

A maioria das mandalas tem a forma do quatérnio, o que lembra o número básico: a tetraktys de uma flor, de uma cruz ou roda, tendendo nitidamente para pitagórica.
Essas imagens brotam espontaneamente de suas fontes. Uma delas é o inconsciente, que produz de modo natural fantasias dessa espécie. A outra fonte é a vida que, quando vivida com plena devoção, proporciona um pressentimento do si-mesmo, da própria essência individual. Ao expressar-se esta última nos desenhos, o inconsciente reforça a atitude de devoção à vida.

De acordo com a concepção oriental, o símbolo mandálico não é apenas expressão, mas também atuação. Ele atua sobre seu próprio autor. Oculta-se neste símbolo uma antiquíssima atuação mágica, cuja origem é o “circulo de proteção”, ou “círculo encantado”, cuja magia foi preservada em numerosos costumes populares.
A meta evidente da imagem é traçar um “sulcus primigenius”, um sulco mágico em redor do centro, que é o templo ou temenos (área sagrada) da personalidade mais íntima, a fim de evitar uma possível “efluxão” ou preservá-la, por meios apotropaicos, de uma eventual distração devido a fatores externos O “aproximar-se circundando”, ou “circumambulatio”, exprime-se, através da ideia de “circulação”. Esta última não significa apenas o movimento em círculo, mas a delimitação de uma área sagrada por um lado e, por outro, a ideia de fixação e concentração;

Psicologicamente, a circulação seria o ato de “mover-se em círculo em torno de si mesmo”, de modo que todos os lados da personalidade sejam envolvidos. “Os polos de luz e de sombra entram no movimento circular”, isto é, há uma alternância de dia e noite. A vontade consciente não pode alcançar uma tal unidade simbólica, uma vez que a consciência, nesse caso, é apenas uma das partes. Seu opositor é o inconsciente coletivo que não compreende a linguagem da consciência. É necessário contar com a magia dos símbolos atuantes, portadores das analogias primitivas que falam ao inconsciente.
Só através do símbolo o inconsciente pode ser atingido e expresso; este é o motivo pelo qual a individualização não pode, de forma alguma, prescindir do símbolo. Este, por um lado, representa uma expressão primitiva do inconsciente e, por outro, é uma ideia que corresponde ao mais alto pressentimento da consciência.

A mandala trabalha os seguintes aspectos pessoais: físico, emocional e energético. No aspecto físico, promove-se o bem-estar, o relaxamento e a prevenção do estresse. Emocionalmente, pode trabalhar conteúdos oriundos de emoções antigas, atuais ou futuras, pois sinaliza aqueles que irão emergir.

“A mandala possui uma eficácia dupla: conservar a ordem psíquica se ela já existe; restabelecê-la, se desapareceu. Nesse último caso, exerce uma função estimulante e criadora.”

Referência bibliográfica:
1. Jung Carl Gustave. O Segredo da Flor de Ouro. Editora Vozes, 1971, Petrópolis, RJ.

Fonte: http://portalarcoiris.ning.com/group/mandalasearteterapia

Imagem: Mandala Arco íris by Ellen Allmye

Chama Violeta - Mandala Transmutar

Imagem: Mandala da Chama violeta - Transmutar by Ellen Allmye


Chama Violeta

Vocês já ouviram falar sobre a Chama Violeta? Esta é uma frequência de energia, de vibração e de consciência, que está fluindo nos estratos mentais e emocionais da Terra, através da Matriz Divina abrangente de nosso Deus Pai/Mãe. Este Dom do Fogo Sagrado está fluindo dentro, através e ao redor de cada partícula de Vida na Terra e tem a capacidade incrível de transmutar em Luz a negatividade que está se manifestando em nossas vidas individuais e nas vidas das pessoas que estão sofrendo em todo o mundo.

Conhecida também como Fogo Violeta ou Chama da Misericórdia e do Perdão, a Chama Violeta é uma energia espiritual e luminosa, de cor lilás. Ela pode ser visualizada como uma imensa fogueira com labaredas violetas, que possui uma característica especial: consome as energias negativas, transformando-as em luz. Embora seja um fogo espiritual, sua ação é física. Ela atua como uma espécie de solvente, decompondo as partículas imperfeitas da matéria e restabelecendo sua pureza original.

Como funciona?

A atuação da chama violeta é muito profunda, Ela penetra o nosso corpo físico até atingir as células e átomos. Nesse trajeto, remove as toxinas e impurezas que acumulamos nesses espaços em consequência de alimentação inadequada, estresse, sentimentos ou pensamentos negativos. A Chama Violeta age também no subconsciente e no inconsciente, ajudando a limpar registros dolorosos, traumas, dificuldades emocionais e psicológicas. Restaura o padrão perfeito e eleva a vibração dos nossos corpos.

Os Mestres Ascensos ensinam que o estresse e emoções como medo, raiva ou ansiedade bloqueiam o fluxo de energia de luz nos nossos corpos, causando doenças e desequilíbrios emocionais, psicológicos ou espirituais.

A Chama Violeta pode ser invocada por meio de orações e afirmações específicas denominadas decretos. Ela entra imediatamente em ação e começa a atuar nos vários corpos que formam o nosso ser: o físico, o emocional, o mental e o etérico, onde estão arquivadas nossas memórias e lembranças, inclusive de vidas passadas. Invocar a Chama Violeta é como mergulhar em uma solução química lilás, que esfrega e lava as paredes de todos os corpos, regenerando as células, transmutando nosso carma, elevando nossa consciência, melhorando nossa saúde e nosso bem-estar geral.

Todo chamado que fazemos por meio de decretos, inclusive à Chama Violeta, nunca fica sem resposta. No entanto, dependendo do nosso carma, seus efeitos nem sempre são imediatamente visíveis. Às vezes, a Chama Violeta precisa abrir caminho através de várias camadas de substâncias densas que envolvem nosso ser ou a situação em questão. O que pode levar algum tempo.

O que a chama Violeta pode fazer por você?

A Chama Violeta pode ser usada nas mais diversas situações. Você pode invocá-la para harmonizar um relacionamento difícil. Pode ser útil em caso de doença, ajudando a restaurar o equilíbrio. Pode ser empregada na resolução de problemas emocionais e psicológicos, como depressão; para libertá-lo de hábitos e sentimentos negativos; revigorá-lo e restaurar suas energias e ainda em movimentos de dificuldade financeira ou profissional. Você pode invocá-la também em favor de outras pessoas que precisam de ajuda, ou de todo o planeta. Ela é um antídoto eficaz contra inúmeros problemas que enfrentamos atualmente: poluição, guerras, desastres naturais, tensão entre nações, crise econômica. Em outras palavras: a ação da Chama Violeta é ilimitada. Você é quem determina que papel ela desempenhará.

Como utilizar?

A Chama Violeta é prática e fácil de usar. A forma mais eficaz é visualizar sua ação enquanto recita em voz alta os mantras, afirmações e decretos;

1. Invoque proteção – Comece com os Decretos “Tubo de Luz” e “Proteção do Arcanjo Miguel”. Sua luz azul e branca irá protegê-lo quando a Chama Violeta começar a limpar suas energias mais densas.

2. Faça um preâmbulo – Antes de iniciar os Decretos de Chama Violeta, peça ajuda aos Mestres e Anjos, afirmando: “Em nome da minha amada e poderosa Presença de Deus EU SOU em mim e do meu Santo Cristo Pessoal, invoco Saint Germain e os Anjos da Chama Violeta para…

3 – Repita os decretos e acelere aos poucos – Comece devagar e com intensidade. Aumente aos poucos a velocidade, mas sem forçar o ritmo. Repita os decretos pelo menos três vezes.

4 – Use visualizações – Feche os olhos e imagine a Chama Violeta como um fogo brilhante, com cores que variam do azul marinho e roxo ao violeta rosado. Veja seus problemas desaparecendo nessa fogueira.

5. Sele seus Decretos- Peça que seus chamados sejam multiplicados e ajudem todas as almas necessitadas do planeta. Em seguida, afirme: “Agradeço e aceito que isso se manifeste agora com pleno poder, de acordo com a vontade de Deus”.


Fonte: Summit Lighthouse do Brasil

Imagem: Mandala da Chama violeta - Transmutar by Ellen Allmye