1 de jun de 2016

Arte das Mandalas

Imagem: Mandala Colorida by Ellen Allmye


ARTE DAS MANDALAS
 
A mandala é uma ferramenta para se conectar com o universo, com a essência da vida... Mas também pode nos levar ao encontro de nossas mais desconhecidas características pessoais. A força das formas e das cores tem poderes incríveis... Entenda a mandala e descubra o que ela pode fazer por você
Mandala (Sânscrito: "círculo") no budismo tântrico e no hindu é um diagrama simbólico usado em ritos sagrados e como um instrumento de meditação. A mandala é, basicamente, uma representação do universo, uma área consagrada que serve como um receptáculo para os deuses e como um ponto de união das forças universais.

O homem (o microcosmo) mentalmente "entrando" na mandala e "prosseguindo" para seu centro é uma analogia dos processos cósmicos de desintegração e da reintegração. -- Enciclopédia Britannica
Mandala é uma imagem circular composta por um padrão de formas que se repetem simetricamente em torno de um ponto central. Tão simples assim? Na verdade não. Uma mandala é muito mais que um simples desenho. O que confere a ela, então, a força e a magia pelas quais é conhecida?
Integração cósmica, processos de cura, contemplação divina, meditação, relaxamento, busca espiritual, função terapêutica... São inúmeras as possíveis utilizações dessas poderosas imagens.

A Mandala é um daqueles assuntos ‘clássicos e consagrados’ que tem significado tão profundo e abrangente que torna-se difícil, por vezes, encontrar definições fiéis ao seu rico sentido.
Se pensarmos bem iremos encontrar infinitas mandalas na natureza. O Sol, a Lua, um botão de rosa, algumas frutas e a própria terra são formas circulares. Assim como podem ser considerados círculos conceituais os da amizade e os familiares, por exemplo.
Esta forma geométrica básica possui grande força simbólica. O espaço interior, onde as formas se desenvolvem, é sagrado. O limite circular é, portanto, a divisão entre o divino e o mundano, entre a consciência e a inconsciência, entre a alma e a matéria, entre a união e a desagregação.

A palavra Mandala encontra sua origem na antiga língua hindu, o sânscrito. Esta palavra significa “círculo”, mas uma mandala é muito mais que uma forma. Ela representa a totalidade, a perfeição, a qualidade do que é completo. Há milhares de anos ela é um instrumento de contemplação do divino e meditação. Seria com se fosse o mundo projetado geometricamente e reduzido a uma amostra essencial, totalizante. Significa a unidade, a parte que representa o todo.
Existem muitas abordagens sobre o assunto, cada parte do mundo tem sua maneira de interagir e utilizar as mandalas. São do Oriente os primeiros registros de sua utilização, para fins religiosos, mas desde o tempo das cavernas já se tem notícia de sua existência por meio de desenhos encontrados em cavernas.

Mesmo sem conhecer do assunto, experimente terapeuticamente pintar um daqueles desenhos, deixando sua criança interior se expressar.
Depois não esqueça de contar-nos suas experiências.

Fonte: http://portalarcoiris.ning.com/group/mandalasearteterapia

Imagem: Mandala Colorida by Ellen Allmye

Nenhum comentário:

Postar um comentário