31 de jan de 2017

O 4º Chakra – Chakra Cardíaco (Anahata)

- Imagem: Mandala do Chakra Cardíaco by Ellen Allmye -


O 4º Chakra – Chakra Cardíaco

Seu nome, em sânscrito, é Anahata, que significa “O Reino do Som Sagrado”.

Sua cor é o Verde e o Rosa.

Seu mantra é YAM.

Seu Elemento é o Ar.

Cristais: Quartzo Rosa, Quartzo Verde, demais pedras dessas cores.

Ele localiza-se entre a quarta e quinta vértebra torácicas, centralizado no peito, com uma leve inclinação à esquerda.

É nele que começa a senda que leva à consciência superior.
Esse é o chakra através do qual amamos. O amor pode ser expresso em muitos níveis: pode ser puramente egoísta, exigente e restritivo ou pode ser compassivo e cuidadoso.

Quando bem equilibrado, podemos perceber a beleza e o amor espiritual em nossos semelhantes. Seu despertar traz maior sensibilidade ao toque e desapego aos objetos materiais. Suas qualidades positivas são o amor incondicional, a capacidade de se doar e receber, a maturidade emocional, o amor em um nível mais sutil, sem o apego, o controle sobre as emoções.

Fisicamente, ele rege o coração e os pulmões.

Em desequilíbrio, em nível emocional, pode ocasionar sensação de pânico, sentimento de perda, ressentimento. Em nível físico: taquicardia, palpitações, pressão alta e problemas cardíacos e respiratórios.

Para reequilibrá-lo ou mantê-lo equilibrado, procure meditar ao ar livre, acenda incensos, ouça músicas executadas com instrumentos como harpas, cítaras, piano. Atividades como o Tai Chi Chuan são altamente recomendadas.

Analise a forma como tem amado. Você tem se doado demais? Sente que não tem tido retorno? Sente-se carente? Carrega algum tipo de mágoa?

Reflita sobre sua postura e entenda os afetos como veículos de troca, entretanto, ainda que o seu retorno não venha de onde espera, acredite que ele virá do Universo. Ame de forma desprendida, desapegada. Acredite que não está só e que as pessoas têm formas diferentes de demonstrar. Muitas vezes o que você compreende como negligência, pode ser, apenas, uma forma mais reservada de sentir.

Pratique o Exercício do Perdão. Perdoe. Perdoe sempre. Entenda que cada pessoa passa por processos e estágios diferentes de evolução e, nem sempre, a compreensão chega ao mesmo tempo, para todos. Perdoando, você estará informando ao Universo que está pronto para o próximo estágio de evolução.

Uma ótima técnica de reequilíbrio consiste em se entoar o mantra Yam (pronunciando-o com o “A” aberto: YÁÁÁMMM), enquanto deixa repousar, sobre seu corpo, no centro do peito, um dos cristais descritos no começo da postagem. Mentalize saindo de si uma luz Verde (em casos de sensação de carência) ou Rosa (quando necessita-se perdoar, amar incondicionalmente), girando em sentido horário, ativando esse centro e tornando-o propício a desenvolver suas funções de forma regular.

Faça isso durante 15 minutos por dia e sinta a diferença!

Dica: Experimente introduzir em seu vestuário peças com as cores verde ou rosa, bem como a inserção de alimentos dessas cores, como, por exemplo, verduras, frutas com essas cores (melancia, abacate, etc.), além, é claro, da clássica Manga que é excelente no tratamento a problemas cardíacos e emocionais.

A Aromaterapia também é recomendada e uma ótima pedida são os incensos e essências à base de Rosa Branca e Rosa Cor de Rosa.

São pequenas medidas a serem adotadas que podem fazer uma imensa diferença em sua vida!


Fonte: https://lotusdelakshimi.wordpress.com/2012/07/29/o-4o-chakra-chakra-cardiaco/

30 de jan de 2017

O 3º Chakra – Plexo Solar (Manipura)

- Imagem: Mandala do Chakra Plexo solar by Ellen Allmye -


O 3º Chakra – Plexo Solar

Seu nome, em sânscrito, é Manipura, que significa “Repleto de Joias”.

Sua cor é o Amarelo ou, em um plano mais sutil, o Dourado.

Seu mantra é RAM

Regido pelo Sol e pelo Elemento Fogo.

Cristais: Citrino, Topázio, Pedra do Sol, pode-se usar, também, a Pirita.

Ele localiza-se na altura do estômago, quatro a seis dedos acima do umbigo, rege nossa Auto Estima, o Ego, o foco, a boa relação consigo mesmo e com os outros, nossa determinação, motivação, atitude, auto controle, brilho, poder pessoal e satisfação.

É, também, um chakra muito utilizado pelos médiuns, em processos de materialização e contatos com seres de outros planos, por ser um centro que armazena energias místicas.

Quando bem equilibrado, ele nos auxilia na conscientização acerca de nosso próprio valor, nos tornando flexíveis, traz a alegria, energia, calor humano, poder.

É o terceiro e último dos três chakras físicos, ele relaciona-se, também, aos ganhos materiais, à nossa forma de lidar com o dinheiro.

Outra particularidade sobre esse centro é a sua capacidade de perceber as tensões, captar as energias de pessoas e locais. Aquela sensação incômoda no estômago, muitas vezes um enjoo, quando estamos em alguns locais, ou diante de algumas pessoas, pode ser uma reação desse chakra à circunstância presente.

Fisicamente, ele rege o sistema digestivo, principalmente, o estômago, bem como o pâncreas.

Em desequilíbrio pode ocasionar estresse, baixa auto estima, incapacidade de lidar com o dinheiro, raiva, arrogância, soberba, personalidade sugestionável e influenciável, falta de determinação, dentre outras disfunções.

Doenças relacionadas a ele: Males que afetam o aparelho digestivo em geral como úlceras, gastrite, doenças que afetam o fígado, diabetes, hipoglicemia, etc.

Para reequilibrá-lo ou mantê-lo equilibrado, pratique atividades como a dança de ritmos mais latinos e cadenciados, como rumba, salsa, flamenco, paso doble, procure fazer caminhadas, pela manhã, sentindo sentindo o contato com o Sol, medite diante de uma vela, use a cor Amarela, procure ingerir alimentos dessa cor e, quando sentir-se irritado, experimente pegar um papel, concentrar toda a sua irritação nele e rasgá-lo.

Mantenha atitudes de estar bem consigo mesmo, de se gostar, de ter consciência do seu poder pessoal, do seu brilho e capacidade. Você É. Você Pode.

Procure, também, meditar, entoando o mantra RAM (pronunciando-o com o “A” aberto: RÁÁÁMMM), enquanto deixa repousar, sobre seu corpo, 4 a 6 dedos acima do umbigo, um dos cristais descritos no começo da postagem. Mentalize saindo de si uma luz  amarelada, girando em sentido horário, ativando esse centro e tornando-o propício a estimular o contato com o mundo material. Potencialize essa meditação mentalizando um imenso e radiante Sol brilhando a partir desse centro e irradiando seu corpo e sua aura por completo, retornando, então, para o Plexo.

Outro mantra recomendado é o OM Srim Namaha, o mantra específico desse chakra. Mentalize-o, ao menos, três vezes ao dia.

Faça isso durante 15 minutos por dia e sinta a diferença!


Fonte: https://lotusdelakshimi.wordpress.com/2012/07/22/o-3o-chakra-plexo-solar/

O 2º Chakra – Chakra Umbilical (Sexual ou Sacral - Swadhisthana)

- Imagem: Mandala do Chakra Umbilical by Ellen Allmye -


O 2º Chakra – Chakra Umbilical

Também conhecido como o Chakra Sexual ou Sacral
seu nome em sânscrito, é Swadhisthana, que significa “Morada”.

Sua cor é o laranja e seu elemento, a Água.
Seu mantra é VAM.
Cristais: Âmbar, Cornalina, Coral, Aventurina.

Ele localiza-se abaixo do umbigo e rege nossa relação com a água, os relacionamentos sexuais vinculados ao afeto, aos sentimentos, a sexualidade, reprodução, alegria, criatividade, o próximo passo além do projetar, que é tornar real. Rege, também, os relacionamentos com outras pessoas, sempre com conotação afetiva, ao contrário do chakra anterior (Básico), que rege, dentre outras coisas, a relação da pessoa consigo mesma.
Quando bem equilibrado, ele traz a assimilação de novas ideias, a possibilidade de  relacionar-se, interagir, a aceitação de si mesmo, aceitação do próprio papel no mundo e em uma relação, sexualidade bem resolvida.
Sendo o segundo dos chakras físicos, à medida em que ele se distancia do chakra anterior e de sua ligação com a terra, suas vibrações vão se tornando mais sutis, gradativamente, partindo do projeto à ação, do instinto à emoção.
Fisicamente, ele rege os órgãos reprodutores, as gônadas (ovários e testículos), sistema circulatório,sistema urinário, bexiga, os rins e os quadris.

Funções: o centro de energia sexual, das sensações e emoções, a sexualidade bem vivenciada, sem extremos. Ele orienta a função de reprodução humana.

Disfunções: sexualidade desenfreada, isenta de sentimentos ou sexualidade reprimida, desvios sexuais, rejeição a tudo que represente o “novo”, medo (principalmente da proximidade física), repugnância pelo próprio corpo, dificuldade de relacionar-se, mágoa, rejeição, isolamento, frigidez, impotência, falta de apetite sexual. E, fisicamente, cólicas renais, cistite, desequilíbrios hormonais, problemas circulatórios, problemas na bexiga e no aparelho reprodutor e urinário, em geral.

Para reequilibrá-lo ou mantê-lo equilibrado, mantenha contato com o Elemento Água (banhos, chás, praias, rios, cachoeiras), ouça músicas suaves tocadas ao piano e instrumentos de corda, como cítara e harpa, por exemplo.

Abra-se às novidades, aos relacionamentos e interações, integre-se ao meio, à natureza, dê vida a seus projetos, crie, vivencie suas emoções, evite sentimentos de mágoa e rejeição, procure o convívio com as outras pessoas, aceite-se como é, seja fisicamente, seja em relação à sua sexualidade. Não construa padrões repressivos para si próprio. Liberte-se de velhos conceitos que, talvez, não o sirvam mais.

Procure, também, meditar, entoando o mantra VAM (pronunciando-o com o “A” aberto: VÁÁÁMMM), enquanto deixa repousar, sobre seu corpo, 4 dedos abaixo do umbigo, um dos cristais descritos no começo da postagem. Mentalize saindo de si uma luz alaranjada, girando em sentido horário, ativando esse centro e tornando-o propício a estimular o contato com as suas emoções e relações.

Faça isso durante 15 minutos por dia e sinta a diferença!
Fonte: https://lotusdelakshimi.wordpress.com/2012/07/15/o-2o-chakra-chakra-umbilical/

29 de jan de 2017

O 1º Chakra – Chakra Básico (Muladhara)

- Imagem: Mandala do Chakra Básico by Ellen Allmye -


O 1º Chakra – Chakra Básico

Seu nome, em sânscrito, é Muladhara, que significa “Base de Apoio”.
Sua cor é o vermelho, marrom ou negro.
Seu mantra é LAM.
Cristais: Obsidiana, Quartzo fumê, Rubi e Turmalina Negra
Ele localiza-se na base da coluna vertebral, na altura do cóccix, e rege nossa relação com a terra, os instintos primitivos, a vontade de viver, vitalidade, a relação com o que é material, é onde se localiza a energia da Kundalini.
Quando bem equilibrado, ele traz a ação, motivação, força de vontade e perseverança para atingir os objetivos.
É o primeiro dos três chakras físicos, ou seja, aqueles que determinarão nossa relação com a matéria, as pessoas, em nível físico. Esse chakra relaciona-se, também, à habilidade de ganhar dinheiro, à energia criativa, aquela que brota, começa a tomar forma, antes de ser concretizada. É a energia da paixão, do sexo primal, a criação em nível primitivo, a energia da terra.
O chakra Básico é ímpar, aberto para baixo, em direção ao solo. É a principal conexão energética do ser humano com o planeta. Relaciona-se com a sobrevivência e com as energias física e sexual Sua abertura é diretamente proporcional à disposição, à vitalidade e à força física.
Fisicamente, ele rege os ossos, útero (nas mulheres), próstata (homens), coluna vertebral, região lombar, membros inferiores, intestino. O que significa que algum sintoma envolvendo esses pontos da anatomia, pode indicar uma disfunção no chakra.
Não ativado corretamente, ele causa sentimentos de depressão, desmotivação, sonolência, tendências ao suicídio, sexualidade reprimida, dentre outros sintomas. Hiper ativado, ele pode ocasionar, por exemplo, hiperatividade, inquietação, insônia ou mesmo como um excesso de identificação com o mundo material, sexualidade desenfreada. Crianças hiperativas têm chakras Básicos super ativados. Pessoas com insônia também têm chakras básicos super ativados.
Doenças relacionadas a ele: depressão, dores na região lombar, problemas na coluna, esterilidade, problemas uterinos (envolvendo, inclusive, desequilíbrios no fluxo menstrual e cólicas), problemas como intestino preso ou desinteria.

Funcionando de forma equilibrada e positiva, 
suas qualidades são:
 
Forte conexão com a Mãe Terra, trazendo energia da terra para o sistema.
    Vontade de viver.
    Vitalidade; energia física e sexual.
    Capacidade de gerar vida, potência sexual (sexo para reprodução).
    Capacidade de fixação no plano terrestre através do corpo.
    Coragem para enfrentar a vida.
    Ligação com o mundo material.
    Conexão com os instintos.
    Capacidade de encontrar atividades adequadas.
    Conexão com a realidade.
    Capacidade de produção e concretização de objetivos.
    Praticidade.
    Atividade dinâmica, movimento e habilidade para resolver problemas práticos.
    Estruturação e firmeza.


Para reequilibrá-lo ou mantê-lo equilibrado, pratique atividades como a dança, tenha contato com músicas executadas com instrumentos de percussão, caminhe com os pés descalços sobre solo argiloso ou arenoso, tenha contato com a natureza, árvores em geral.
Mantenha atitudes pioneiras e empreendedoras, já que uma das características desse chakra é a possibilidade de se projetar, criar.
Procure, também, meditar, entoando o mantra LAM (pronunciando-o com o “A” aberto: LÁÁÁMMM), enquanto deixa repousar, sobre seu corpo, 8 dedos abaixo do umbigo, um dos cristais descritos no começo da postagem. Mentalize saindo de si uma luz avermelhada, girando em sentido horário, ativando esse centro e tornando-o propício a estimular o contato com o mundo material.
Faça isso durante 15 minutos por dia e sinta a diferença!


Fonte: https://lotusdelakshimi.wordpress.com/2012/07/07/o-1o-chakra-chakra-basico/

27 de jan de 2017

30 Coisas para fazer ao invés de se apaixonar novamente




30 COISAS PARA FAZER AO INVÉS DE 
SE APAIXONAR NOVAMENTE


1. Aprender uma nova língua. Baixar um aplicativo de línguas, conseguir um parceiro de conversação ou um dicionário bilíngue e forçar sua mente em uma nova forma de compreender outras pessoas.

2. Ir para um país distante por um período indeterminado de tempo. Voltar quando sentir vontade, ou nunca mais voltar.

3. Tirar carteira para pilotar motos ou voe na imaginação.




4. Entrar na melhor forma de sua vida. Apreciar o seu corpo não apenas pela forma como ele é visto através dos olhos de outra pessoa, mas como é visto por você. Saiba seus novos limites físicos, e depois supere-os novamente.

5. Visitar um amigo que se afastou – o que você sempre diz que vai visitar, mas nunca realmente vai.

6. Aprender a tocar um instrumento. Dedique uma hora por dia para praticar e assistir-se melhorar. Crie um canal no YouTube, para sentir-se inspirado.

7. Seja voluntário em algum lugar. Se você está cansado do mundo dentro de sua própria mente, comece a dedicar o seu tempo a uma causa que não te envolva. Perceba que há um universo inteiro fora de sua casa e que ele precisa de sua ajuda.

8. Aprenda a mergulhar, escalar, ou asa delta. O que você achar mais legal.




9. Tornar-se financeiramente independente (se ainda não for). Perceba que o dinheiro não compra felicidade, mas com certeza compra a paz de espírito, e isso é um conceito similar.

10. Começar ioga. Torne-se uma daquelas pessoas que postam fotos em determinada posição em um penhasco no por do sol e sentem absolutamente zero de vergonha nisso.

11. Escrever um livro. Todos nós temos algo para contar.

12. Voltar para a escola. Receba uma boa educação de qualquer escola que puder ir, sem se preocupar com a distância.

13. Comprar um pijama confortável e uma caneca bem grande para preencher com chá e aprender a consolar-se nas noites em que estiver sozinha.



14. Dormir o dia inteiro se quiser. Fique tranquilo, mas não muito.

15. Planejar seu futuro sem restrição. Permita que a sua imaginação corra solta e perceba que não há muito te impedindo de tornar esses sonhos uma realidade.

16. Cometer um grande, enorme, gritante erro. Invista dinheiro em algo tolo. Namore uma pessoa terrivelmente errada para você. Perceba que apenas você é responsável por si mesmo. E que ainda tem muito tempo para fazer as coisas direito.

17. Ir para casa e passar algum tempo sério com sua família. Conheça-a como pessoas, como adultos e como amigos.

18. Sair com os amigos e ficar fora até o sol nascer.





19. Espalhar seu sono pela cama.

20. Escolher algo sobre o qual se interesse, ir a biblioteca local e conferir todos os livros que puder encontrar sobre o assunto. Leia todos eles. Torne-se um especialista.

21. Tornar-se íntima com seu próprio corpo.



22. Fazer amigos que compartilham seus interesses.

23. Abrir sua casa para intercambistas. Se você não pode se dar ao luxo de viajar, tenha essa experiência para fazer amigos de todo o mundo.

24. Aprender a dançar. Mantenha seu corpo em movimento.



25. Redecorar a sua casa, apartamento ou quarto. Pinte-o de uma cor você que nunca pensou.

26. Treinar para uma maratona. Em seguida, realizá-la.

27. Aprender a cozinhar três refeições muito bem. Impressione os amigos com esses três pratos para basicamente o resto de sua vida.

28. Identificar uma coisa da qual você tem medo e fazê-la.

29. Praticar meditação. Ficar confortável estando a sós com seus pensamentos e ouvindo o que estão tentando dizer.





30. Pegar todas as características que deseja em um parceiro e cultivá-las em si mesmo. Há uma pessoa com quem você definitivamente passará o resto de sua vida: você. Então, torne-se um ótimo companheiro.






Fonte: https://osegredo.com.br/2015/09/30-coisas-para-fazer-ao-inves-de-se-apaixonar-novamente/

18 de jan de 2017

A bolha do MEDO - Do que é que você tem medo?

- Imagem: Mandala da Coragem by Ellen Allmye -

A bolha do MEDO
Do que é que você tem medo?


Depois de algumas meditações e fazendo uma breve análise das minhas experiências nessa vida, me descobri aos poucos, senti a minha essência, ouvi o meu Eu Superior e cheguei a conclusão de que EU tenho muito mais coragem do que medo.
Hoje, eu sinto uma espécie de compaixão, por aqueles indivíduos que são prisioneiros do medo, em qualquer nível e em qualquer uma de suas formas.
Quem tem medo, justifica-os fortemente! 
Usando até de auto sabotagem, para mantê-lo por perto.

Tipos de medo

Os principais medos são: Medo de viver, Medo de adoecer e Medo de morrer. Imaginem então, a lista dos pequenos medos?!
Preocupações, são medos. Alguns até usam argumentos como: O medo te faz analisar a situação e tomar cuidados, evitando tais situações. Ou seja, ficar paralisado e não ter a experiência, não vivê-la!
A mente é bastante criativa, quando se trata de argumentar os seus medos. Assim, vai se criando uma bolha que te prende, a "BOLHA DO MEDO".  Ela vai ficando mais forte a cada dia e quase impossível te deixar sair e ser quem realmente você é.

O geradores de medo

Ela é alimentada pelos "GERADORES DE MEDO". Tais geradores estão espalhados pela sociedade, em forma de indivíduos fortes, experientes e sábios, mas que nem sequer conseguiram se livrar da própria bolha. Tenho pra mim que, todo gerador de medo é ruim. Acho que nem preciso listar tais geradores, porque na prática é: Tudo o que te faz sentir medo. Desde de coisas grandes que possivelmente te farão "perder a vida", até coisas pequenas como superstições e boatos gerados na sociedade ou na internet. Te fazem ter medos de demônios, mas também te fazem "temer" a Deus. Enfim, você é basicamente criado para TER MEDO.

Exemplos de Coragem

O ser humano quando nasce, não tem medo de nada e automaticamente, aceita todos os desafios da vida. Um bebê por exemplo, engatinha sem rumo, sem se dar conta de que pode cair em buracos, bater em "quinas", enfiar os dedinhos na tomada, encostar em superfícies quentes, etc e se machucar... Eles ainda não conseguem entender que perto deles, sempre haverá (salvo exceções) um adulto para protegê-lo. Não há como ter essa compreensão. E assim, se entregam à vida! Mesmo que caiam, se queimem, se machuquem e que chorem um pouco, tentarão novamente! Talvez mudando o percurso do caminho e evitando aquele buraco, usando alguns objetos para colocar nas tomadas dessa vez ou esperando as superfícies esfriarem um pouco. Seja o que for, venha o que vier, estão sempre prontos para as próximas aventuras.
E os obstáculos NÃO vão pará-los, sabem porque? Porque eles não conhecem o MEDO. Não entraram ainda, na "bolha do medo" criada pela personalidade adulta protetora ou pelo pensamento coletivo da sociedade. Eles vivem em sua verdadeira essência e assim, vivem plenamente e felizes.
Outro exemplo, por sinal até engraçado, são os indivíduos embriagados. Quem já não ouviu uma das famosas frases: "Os bêbados tem um forte santo protetor"... ou... "Bêbados andam cambaleando, caem, mas não morrem", etc??? Pois é, aqui mais uma vez é a mesma explicação, eles não tem medo, ou melhor, não estão na bolha do medo.

O que fazer?

É claro que você não precisa se embriagar para sair da bolha do medo, mas pode sim, viver como uma criança, fazendo com que sua coragem de agir seja maior do que o seu medo, até que ele se torne tão pequeno e insignificante, que você o perca de vista.
Pode também, não dar ouvidos aos geradores de medo e tomar as rédeas da sua vida,  controlar você mesmo as suas atitudes, confiar mais em si mesmo, na sua intuição (voz que vem do coração), na sua essência divina (como um filho do Todo poderoso), confiar no criador de tudo o que é, ter fé! Quem tem fé, não tem medo.


Por Ellen Allmye
 18/01/2017

 

14 de jan de 2017

Conheça o mais importante dos mantras - OM

- Imagem: Mandala Om by Ellen Allmye -


Conheça o mais importante dos mantras

OM

"Ser um observador de si mesmo é uma atitude meditativa"
por Emilce Shrividya


Mantra é uma palavra em sânscrito e seu significado é: man é mente e tra significa controle. Assim mantra, é a combinação de sons que nos dá o controle da mente, nos sintoniza com a frequência do amor, nos traz recolhimento e tranquilidade. O mantra é a palavra cósmica ou vibração sonora cósmica.

O mantra OM é o som primordial que contém todos os outros sons e do qual toda a criação surgiu. Segundo as escrituras indianas, é a sílaba mística, o corpo sonoro de Deus. É a essência interior de todos os mantras. É a palavra sagrada da qual emana todo o universo. OM é uma invocação, uma bênção, é a vibração da própria alma.

Escreve-se AUM, mas se pronuncia OM. É o símbolo da Divindade Suprema. As três letras representam os três aspectos de Deus: Deus Criador, Deus Conservador, Deus Transformador. É a Trindade da Unidade.

Uma maneira fácil e poderosa para purificar a mente, a fala e as ações é repetir o mantra, o nome de Deus. Quando você repete com sinceridade e com regularidade, você obtém os frutos e benefícios desta prática. Com a repetição do mantra você aprende a esvaziar sua mente, limpando-a de tantos pensamentos desnecessários.

Como dizem os sábios indianos: "a eficácia psicoterapêutica do OM é considerada sem limites". O mantra é um grande purificador e elimina a ansiedade e tensões, substituindo a inquietude da mente pela paz e alegria interior.

Experimente agora o poder deste mantra.

Como entoar o mantra OM

- Sente-se em uma posição confortável. Pode sentar-se em uma cadeira, com os pés paralelos no chão ou pode sentar-se no chão com as pernas cruzadas.
- Coloque as mãos uma em cima da outra em seu colo.
- Feche os olhos.
- Inspire e ao expirar entoe o mantra OM... Deixe o som sair bem prolongado... Dê uma pausa para inspirar e expirar e continue... Inspire e expire, ressonando a sílaba OM...
- O som parte da garganta e termina nos lábios cerrados. Entoe o mantra quantas vezes quiser, o tempo que quiser. Entregue-se ao som do mantra OM...

Ao cantar ou entoar esta sílaba sagrada, que é a raiz de todos os mantras, experimente o som da criação ressoando no seu interior. Ao repetir o mantra OM, sinta a energia criadora divina que mora também em seu coração.

Depois fique em silêncio por alguns instantes. Sinta a paz que este mantra traz para sua mente.

Como meditar com o mantra OM

Leia as instruções e medite por alguns instantes:

- Você pode se sentar no chão de pernas cruzadas sobre uma almofada ou pode preferir se sentar na cadeira com os pés paralelos no chão. Assuma uma postura cômoda.
- Coloque as mãos para baixo sobre os joelhos ou sobre as coxas, com os dedos polegares e indicadores se tocando.
- Deixe a coluna naturalmente alongada.
- Feche os olhos. Suavize seu rosto com um leve sorriso. Relaxe seu pescoço. Fique em uma postura sem rigidez, sem tensão.
- Respire naturalmente pelas narinas. Perceba o movimento natural da respiração. Permita que a respiração suavize seu corpo e aquiete sua mente.
- Repita silenciosamente o mantra OM, sintonizando-o com a inspiração e a expiração... e volte sua atenção para o interior.
- Apenas observe seus pensamentos, sem fazer nada para parar sua mente, sem lutar com ela. Seja apenas um observador, uma testemunha de si mesmo, enquanto respira e pensa no mantra.
- Quando puder, ao inspirar, repita silenciosamente OM... e ao expirar OM...
- Permaneça meditando uns quinze minutos, com o corpo suave e relaxado.

Quando terminar a meditação, volte devagar. Leve sua atenção para a respiração. Inspire e expire. Alongue-se um pouco se quiser. Perceba como está se sentindo mais leve, relaxado e revigorado. Abra os olhos e guarde essa sensação gostosa dentro de você. Deixe que ela se expanda para sua vida.

Com a prática regular da meditação, você purifica o corpo, a mente e espírito. Aquieta sua língua, sua mente e seu corpo e isto leva você a um estado de tranquilidade e relaxamento. E na medida que você vai meditando, com paciência e persistência, a mente vai se acalmando, e você vai encontrando apoio e força interior para viver mais feliz e em paz. Você fica consciente de sua coragem e faz com ela permeie sua vida cotidiana.

Referências Bibliográficas:
Iniciação ao Yoga. Hermógenes, Ed. Nova Era.
A Yoga da Disciplina. Chidvilasananda, Gurumayi. Ed. Siddha Yoga Dham Brasil.
Os Upanishads-Ed. Pensamento.


Fonte: http://vyaestelar.uol.com.br/post/3324/conheca-o-mais-importante-dos-mantras

12 de jan de 2017

O Despertar em massa - Mensagem canalizada

- Imagem: Mandala do Despertar by Ellen Allmye -


O Despertar em massa
Mensagem canalizada

Meus irmãos, minhas irmãs, existe um tubo de luz solar que está prestes a chegar à Terra. Ele vem direto do Sol de Alcyone e vai inundar este planeta com uma intensidade de luz nunca vista antes neste quadrante do universo.

Essa luz vai fazer aumentar exponencialmente a energia do despertar. É esta energia, que estamos aguardando há tempos, que vai possibilitar o despertar em massa.

Meus queridos, estejam preparados para auxiliar seus irmãos neste momento tão grandioso, onde as forças da luz se farão visíveis para todos na humanidade.

Serão bilhões de seres acordando do sono profundo do mergulho encarnatório e isto será maravilhoso, mas também vai exigir muito do equilíbrio de vocês, trabalhadores da luz, que já estão despertos e preparados para este momento.

Foram anos de preparação e temos certeza de que vocês estão mais do que prontos para assumir o seu papel de liderança espiritual nesta nova fase da jornada da Ascensão.

Queridos irmãos, esse tubo de luz violeta chega para transmutar as energias que estão sendo liberadas por vocês e vai impactar sensivelmente a todos, homens e mulheres, sem distinção, no Planeta.

É um evento de monumental proporção e incitará a todos a tomarem a decisão final: ou aceitam a luz ou se declaram definitivamente ligados à terceira dimensão. Não haverá ninguém mais em cima do muro e isso vai ficar claro para todos.

Esse volume de energia violeta provocará uma onda intensa de despertar espiritual, trazendo à tona o melhor e também o pior da vossa sociedade.

Não haverá mais equívocos, vocês reconhecerão por suas atitudes e discursos quem abraçará o despertar e quem decidirá continuar mergulhado nas energias da densidade física e polarizada da tridimensionalidade.

Escutem, meus queridos, com atenção e amor incondicional a todos que se colocarem em seus caminhos. Auxiliem àqueles que virão em busca de ajuda e respostas.

Quanto aos demais, ouçam, com gratidão e compaixão, suas queixas e desagrados acirrados, mas, em nenhuma hipótese, não entrem em discussão ou conflitos.

Aceitem o livre arbítrio de cada ser. Ofereçam seu ombro amigo a todos e simplesmente se afastem de qualquer contenda.

Lembrem-se de que vocês são as âncoras do despertar e seus irmãos esperam encontrar em vocês o equilíbrio e a paz que a energia da ascensão oferece.

São inúmeras as formas em que esse despertar se apresentará.
Tudo o que importa é que as pessoas sejam orientadas a seguir o caminho do coração.

O amor deverá fluir naturalmente de seus lábios e gestos, pois vocês também estarão sendo tocados pela intensidade da energia.

Vamos recordar todas as etapas e iniciações que vocês já cumpriram para estarem prontos para este momento. Por isso, sejam tolerantes e pacientes com seus irmãos, que estarão confusos e sedentos de informação e cuidados.

Vocês, meus irmãos e irmãs, terão a chance de exercitar a sua mestria. Esta será a hora de colocar em ação tudo o que aprenderam durante os anos de interiorização em busca da auto mestria.

Nós, os mestres ascensionados, estaremos trabalhando com vocês, lado a lado, intimamente conectados com vossos eus superiores, para dar-lhes o suporte necessário neste grande momento.

Meus amados, é com imensa alegria que eu lhes trago essa notícia. Sabemos que muitos de vocês aguardam ansiosos este momento, que será um marco histórico. Tudo se dividirá em antes e depois desse despertar coletivo.

E não se esqueçam: ofereçam amor, somente amor a todos os seres, mesmo àqueles que estão distantes fisicamente, pois o vosso alcance energético também aumentará na proporção dessa nova onda de luz que chegará ao planeta.

Estejam em paz e comemorem com alegria este evento grandioso que a Hierarquia Divina vai proporcionar a vocês.

Com gratidão e amor, eu me despeço.

Sou mestre Nada e lhes ofereço a minha paz.

Canalizado por Laura Vendas
Cuiabá/MT – 08.01.2017

9 de jan de 2017

Comece o Ano com "Faxina Energética" - Os 10 ladrões de energia (Dalai Lama)

- Imagem: Mandala Cristalina (Proteção energética) by Ellen Allmye -


Os 10 ladrões de energia segundo Dalai Lama

Toda vez que um novo ano se inicia, promessas são feitas, isso é fato!
E muitas vezes, as promessas são de mudanças gigantescas ou mirabolantes, demoradas pra acontecer, o que acaba desestimulando qualquer pessoa... E que, ao longo do ano, abandona as promessas e tudo vai meio que no automático até o fim, sem novidades.
Porque então não vamos aos poucos? Devagar, com coisas simples, porém, significativas demais para influenciar todas suas demais ações no correr dos dias do calendário. Comecem o novo ano fazendo uma "Faxina energética" e veja de fato, mudanças acontecerem.

São 10. Dez ladrões de energia que, segundo o Dalai Lama, nos fazem cair em suas armadilhas e nos deixam vazios. Não nos damos conta, mas vivemos tão atentos a coisas banais que não prestamos atenção no que é realmente importante.

Tomar distância e se afastar do que não é necessário ajuda a melhorar a nossa saúde em todos os níveis. A dificuldade está em ter consciência do que é prejudicial para caminhar para um lugar que nos ofereça uma certa estabilidade. Por isso, o conhecido líder espiritual fez uma interessante compilação de 10 ladrões que sugam a energia de todos nós.

Vamos ver mais sobre isso:

1 – Pessoas que são pagas em modo de reclamação

“Evite pessoas que só vêm para compartilhar reclamações, problemas, histórias desastrosas, medo e julgamento dos outros. Se alguém está procurando um barco para levar seu lixo, não ofereça a sua mente”.

As pessoas conectadas a um manifestante automático nos exaurem e nos subtraem. Colocar um pingo de energia em aliviar os egocentrismos alheios destrói a nossa essência. Então, como se costuma dizer, se alguém está à procura de um barco para levar seu lixo, não ofereça a sua mente. Desligue a sua vida de tudo aquilo que te afaste de si mesmo e não deixe que os outros te arrastem para as suas tempestades.

2 – As contas… claras

“Pague suas contas a tempo. Ao mesmo tempo, cobre quem te deve ou escolha deixar para lá, se já for impossível cobrar”. Ter as contas claras significa ter a certeza de que não devemos nada a ninguém e de que ninguém deve nada a nós.

As dívidas acabam com a nossa tranquilidade. Por isso é essencial que não tenhamos contas pendentes por aí, assim não teremos que nos esconder ou nos envergonhar por não quitar um compromisso que assumimos. Quem conhece a sensação de falta de ar compreende que se endividar é um dos maiores ladrões de energia que existem.

3 – As promessas pendentes

“Se não cumpriu suas promessas, se pergunte por que tem resistência. Você tem sempre direito de mudar de opinião, de se desculpar, de compensar, de renegociar e de oferecer alternativa perante uma promessa não cumprida. A forma mais fácil de evitar não cumprir com algo que você não quer fazer é dizer NÃO desde o princípio”.

Ser uma pessoa de palavra é uma das qualidades mais valorizadas e cotadas no mercado das relações interpessoais. Essa é, sem dúvida, uma característica que vai mais além, porque reflete boas intenções e consideração para com os outros.

4 – Não ouvir os nossos interesses


“Elimine o que for possível, delegue aquelas tarefas que você prefere não fazer, e dedique seu tempo a fazer as coisas que gosta”. Não delegar aquilo que é aversivo para nós e que é possível passar para frente significa encher a nossa vida de uma negatividade desnecessária.
Às vezes, simplesmente, não estamos em condições de realizar uma tarefa. Outra pessoa pode, inclusive, realizá-la melhor, ou talvez ela tenha mais vontade de completá-la do que nós. Isto vale tanto para o lar quanto para o trabalho. Certamente existem centenas de opções que garantem uma melhor condição. Isso irá garantir um equilíbrio positivo nas nossas vidas.

5 – Não descansar e nem agir

“Dê-se permissão para descansar se estiver em um momento no qual necessita e dê-se permissão para agir se estiver em um momento de oportunidade”. Cada pessoa tem o seu ritmo, mas é importante saber descansar e recuperar as forças. Não fazer isso quando mais precisamos implica perder as nossas forças e cometer irresponsabilidades que vão acabar em arrependimento.

6 – A desordem


“Tire, arrume e organize; nada te toma mais energia do que um espaço desordenado e cheio de coisas do passado de que você já não precisa”. Existem bagunças e bagunças. Algumas mais catastróficas do que outras mas, no final das contas, todos nós precisamos da iniciativa de nos desfazer de algo.

7- Não cuidar da sua saúde

“Dê prioridade à sua saúde; sem o seu corpo trabalhando ao máximo, você não pode fazer muito. Tire alguns momentos para descansar”. De pouco serve ter muito trabalho, muito dinheiro e muito patrimônio se não somos capazes de cuidar do que nos sustenta: o nosso corpo. É essencial que dediquemos tempo para relaxar, praticar um esporte, nos alimentarmos bem e nos conhecermos.

8 – As situações difíceis

“Enfrente as situações tóxicas que você está tolerando, desde resgatar um amigo ou um familiar, até tolerar ações negativas de um companheiro ou um grupo. Tome a ação necessária”. As situações difíceis nos ajudam a criar estratégias se assumirmos o controle e tentarmos resolvê-las. Adiar ou ignorar coisas pode nos gerar estresse e, assim, dificultar a nossa estabilidade.

9 – Não aceitar

“Aceite. Não é resignação, mas nada te faz perder mais energia do que resistir e brigar contra uma situação que você não pode mudar”. A única forma que temos para nos livrarmos dos monstros é aceitando-os. Assumir que há coisas que não devem mudar é mais um passo no sentido de conquistar o bem-estar emocional.

10 – Não perdoar

“Perdoe, deixe ir uma situação que esteja causando dor; você pode sempre escolher deixar a dor ir embora”. O perdão serve como um travesseiro confortável. É provável que a vida nos coloque à prova, por isso é importante não alimentarmos rancores; porque se o fizermos, iremos morrer aos poucos.

Guardar rancor é humano, muito humano. Mas perdoar também o é. E errar. Dizem que quem não ama não perdoa. Na verdade, é precisamente o amor o culpado do perdão. O amor ao outro, à vida, ao mundo e a si próprio.

Fonte: https://amenteemaravilhosa.com.br/10-ladroes-energia-dalai-lama/