31 de jan de 2017

O 4º Chakra – Chakra Cardíaco (Anahata)

- Imagem: Mandala do Chakra Cardíaco by Ellen Allmye -


O 4º Chakra – Chakra Cardíaco

Seu nome, em sânscrito, é Anahata, que significa “O Reino do Som Sagrado”.

Sua cor é o Verde e o Rosa.

Seu mantra é YAM.

Seu Elemento é o Ar.

Cristais: Quartzo Rosa, Quartzo Verde, demais pedras dessas cores.

Ele localiza-se entre a quarta e quinta vértebra torácicas, centralizado no peito, com uma leve inclinação à esquerda.

É nele que começa a senda que leva à consciência superior.
Esse é o chakra através do qual amamos. O amor pode ser expresso em muitos níveis: pode ser puramente egoísta, exigente e restritivo ou pode ser compassivo e cuidadoso.

Quando bem equilibrado, podemos perceber a beleza e o amor espiritual em nossos semelhantes. Seu despertar traz maior sensibilidade ao toque e desapego aos objetos materiais. Suas qualidades positivas são o amor incondicional, a capacidade de se doar e receber, a maturidade emocional, o amor em um nível mais sutil, sem o apego, o controle sobre as emoções.

Fisicamente, ele rege o coração e os pulmões.

Em desequilíbrio, em nível emocional, pode ocasionar sensação de pânico, sentimento de perda, ressentimento. Em nível físico: taquicardia, palpitações, pressão alta e problemas cardíacos e respiratórios.

Para reequilibrá-lo ou mantê-lo equilibrado, procure meditar ao ar livre, acenda incensos, ouça músicas executadas com instrumentos como harpas, cítaras, piano. Atividades como o Tai Chi Chuan são altamente recomendadas.

Analise a forma como tem amado. Você tem se doado demais? Sente que não tem tido retorno? Sente-se carente? Carrega algum tipo de mágoa?

Reflita sobre sua postura e entenda os afetos como veículos de troca, entretanto, ainda que o seu retorno não venha de onde espera, acredite que ele virá do Universo. Ame de forma desprendida, desapegada. Acredite que não está só e que as pessoas têm formas diferentes de demonstrar. Muitas vezes o que você compreende como negligência, pode ser, apenas, uma forma mais reservada de sentir.

Pratique o Exercício do Perdão. Perdoe. Perdoe sempre. Entenda que cada pessoa passa por processos e estágios diferentes de evolução e, nem sempre, a compreensão chega ao mesmo tempo, para todos. Perdoando, você estará informando ao Universo que está pronto para o próximo estágio de evolução.

Uma ótima técnica de reequilíbrio consiste em se entoar o mantra Yam (pronunciando-o com o “A” aberto: YÁÁÁMMM), enquanto deixa repousar, sobre seu corpo, no centro do peito, um dos cristais descritos no começo da postagem. Mentalize saindo de si uma luz Verde (em casos de sensação de carência) ou Rosa (quando necessita-se perdoar, amar incondicionalmente), girando em sentido horário, ativando esse centro e tornando-o propício a desenvolver suas funções de forma regular.

Faça isso durante 15 minutos por dia e sinta a diferença!

Dica: Experimente introduzir em seu vestuário peças com as cores verde ou rosa, bem como a inserção de alimentos dessas cores, como, por exemplo, verduras, frutas com essas cores (melancia, abacate, etc.), além, é claro, da clássica Manga que é excelente no tratamento a problemas cardíacos e emocionais.

A Aromaterapia também é recomendada e uma ótima pedida são os incensos e essências à base de Rosa Branca e Rosa Cor de Rosa.

São pequenas medidas a serem adotadas que podem fazer uma imensa diferença em sua vida!


Fonte: https://lotusdelakshimi.wordpress.com/2012/07/29/o-4o-chakra-chakra-cardiaco/

2 comentários:

  1. Verde da cor da esperança.
    Embora complicado quando em desequilibro.
    Amar sem ser amado......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo, por isso é importante equilibrar todos os chakras... obrigada por comentar

      Excluir