1 de fev de 2017

O 5º Chakra – Chakra Laríngeo (Vishudda)

- Imagem: Mandala do Chakra Laríngeo by Ellen Allmye -


O 5º Chakra – Chakra Laríngeo


Seu nome, em sânscrito, é Vishudda, que significa “O Purificador”.

Sua cor é o Turquesa, Azul Celeste.

Seu mantra é HAM.

Seu Elemento é o Éter, também sendo atribuído a ele o Ar em sua forma mais sutil.

Cristais: Turquesa, Água Marinha, Ágata Azul Rendada e demais pedras na cor azul clara.

Ele localiza-se, especificamente na região da garganta.

Esse chakra está diretamente ligado à comunicação, à expressão verbal, à criatividade no sentido de saber expressar-se, do uso da palavra.

Ele também funciona como ponte para o mundo espiritual, pois, quando está aberto, a comunicação torna-se fácil, fluente, e, muitas vezes, temos dificuldade em sermos compreendidos por velhos amigos que, porventura, estão em um estágio de evolução diferente, o que significa que as energias estão sendo modificadas e que, consequentemente, atrairão novos amigos, de acordo com a nova vibração emitida.

Quando bem equilibrado, é facilitada nossa comunicação, não só com as pessoas, como, também, conosco, além, é claro, de aumentar a nossa percepção no sentido de comunicação telepática. Nossa consciência é ampliada, no sentido de desenvolvermos nossa responsabilidade em relação à nossa evolução e em relação às nossas necessidades materiais e espirituais.

Por reger a tireoide, ele tem a função de purificar o que recebemos, antes de emitir, ou seja, as energias são purificadas antes de serem emanadas.

Fisicamente, ele rege as cordas vocais, a tireoide, a garganta, a boca, nariz e os ouvidos.

Em desequilíbrio, em nível emocional, pode ocasionar dificuldade de comunicação e expressão, ansiedade, sensação de vazio, gagueira. Em nível físico: asma, vertigem, alergias, anemia, fadiga, laringite, dor de garganta, tosse, além de tendências a problemas respiratórios e de pele e na tireoide.

Para reequilibrá-lo ou mantê-lo equilibrado, medite em local tranquilo e silencioso, utilizando cristais e incenso.

Aqui, são permitidas as técnicas que remetem a todos os elementos e chakras, pois o Éter é a Quintessência, o 5º elemento, a soma de todos os outros. São permitidas técnicas que utilizem aromas (sutis, suaves, como o jasmim, por exemplo), os elixires à base de um dos cristais acima, podendo-se, também, utilizar o topázio, que é uma pedra regida por Mercúrio, o responsável pela comunicação; além, é claro, de caminhadas ao ar livre, músicas suaves, e, principalmente, uma profunda reflexão.

Reflita sobre sua a forma que tem se comunicado com as pessoas. Sente que tem falado demais? Sente-se tão bloqueado, que não consegue falar o que pensa que deveria ser dito? Sente-se incompreendido, como se ninguém entendesse o que você quer expressar?

Procure não guardar para si, procure falar nas horas em que deve falar, fazendo uso da moderação, mas, também, da franqueza. Mágoas também podem desequilibrar esse chakra, pois uma falha na comunicação entre duas pessoas pode ocasionar atritos ou ressentimentos. Observe a forma que tem se expressado.

Aprenda a falar, mas, também, aprenda a escutar. Não há comunicação sem que esses dois veículos (a fala e a audição) sejam utilizados. Para haver uma comunicação completa, é necessário saber falar e saber escutar. Cada coisa em seu tempo.

Controle a ansiedade. As coisas acontecem em seu tempo certo, nem antes, nem depois. Aceite o fato de que tudo tem um curso natural a ser seguido.

Por ser, também, um chakra relacionado à criatividade, procure expressar-se através da criação, das artes, sejam artes plásticas, música, poesia, teatro, dança.

Se não puder falar, se o momento não permitir uma conversa decisiva, onde você possa aliviar-se dizendo que tem a dizer, escreva. Pense em todas as coisas que gostaria de dizer a alguém e escreva em uma carta. Nesse momento, cabe a você a decisão de enviá-la ou não. Ambas as opções são válidas, mas, caso opte por não enviá-la, queime-a e sopre as cinzas ao vento, imaginando que o Universo está recebendo sua mensagem e irá atendê-lo em tempo hábil.

Uma ótima técnica de reequilíbrio consiste em se entoar o mantra Ham (pronunciando-o com o “A” aberto: HÁÁÁMMM), enquanto deixa repousar, sobre sua garganta, um dos cristais descritos no começo da postagem. Mentalize saindo de si uma luz Azul Celeste, girando em sentido horário, ativando esse centro e tornando-o propício a desenvolver suas funções de forma regular.

Faça isso durante 15 minutos por dia e sinta a diferença!


Fonte: https://lotusdelakshimi.wordpress.com/2012/08/11/o-4o-chakra-chakra-laringeo/


2 comentários:

  1. Respostas
    1. Apenas equilibre todos os chakras, faça os exercícios de respiração, mantras e meditação... obrigada por comentar

      Excluir