7 de out de 2016

Era só abrir os olhos... e ter Fé (o uso da mandala)

Imagem: Mandala Renovação da Fé by Ellen Allmye -


Era só abrir os olhos...

Quando não há nada mais a ser dito, silencia. Quando não há mais nada a ser feito, permita-se apenas ser, apenas estar e fica na companhia do teu coração e este indicará o momento apropriado para agires. Quando a lentidão dos dias acomodar tua vontade, enlaçando-te com os nós da intranquilidade, descansa e refaz tua energia. Não há pressa, a prioridade é que tu encontres novamente a tua essência para que tenhas presente em ti a alegria de ser e estar. Quando o vazio instalar-se em teu peito, dando-te a sensação de angústia e esgotamento, repara tua atenção e encontra em ti mesmo a compreensão para este estado. É necessário descobrirmo-nos em tais estados, para que estes não se transformem no desconhecido, no incontrolável. Tudo pode ser mudado, existe sempre uma nova escolha para qualquer opção errada que tenhas feito. Quando ouvires do teu coração que não há nenhuma necessidade em te preocupares com a vida, saibas que ele apenas quer que compreendas que nada é tão sério a ponto de te perderes para sempre da tua divindade, ficando condenado a não ver mais a luz que é tua por natureza. Não te preocupes, se estiveres atento a ti mesmo verás que a sabedoria milenar está contigo, conduzindo-te momento a momento àquilo que realmente necessitas viver. Confia e vai em teu caminho de paz. Nada é mais gratificante que ver alguém submergindo da escuridão apenas por haver acreditado na existência da luz. Ela sempre esteve presente... Era só abrir os olhos...

São Francisco de Assis


Uso da Mandala

Use a mandala certa para cada tipo de propósito, comece visualizando o centro dela, concentrando-se nas cores e mentalizando o que deseja.

Cores da mandala (Laranja e marrom)

Laranja:

Resistência a força e a ambição. É a cor do fogo e símbolo do sol. O laranja estimula a mente, renova a fé na vida e é o perfeito antidepressivo.
É uma cor equilibrada, vibrante e cheia de energia. Também é amigável e convidativa. Reflete calor, excitação e entusiasmo.

O cérebro entende o laranja como:

Entusiasmo, exuberância, graça, interação, alegria, fascinação, coragem, movimentação, força, energia, antidepressiva, sociável.


Marrom:

Símbolo da mãe terra, que traz coisas boas aos seus filhos.
Atrai dinheiro ganho através do trabalho.
Usado em excesso traz autocrítica exagerada, dependência afetiva e isolamento.

O cérebro entende o marrom como:
Praticidade, paciência, sólido, diligência, confiabilidade, autoridade, maturidade, responsabilidade, disciplina, regras, conservadorismo, uniformidade, fé, aconchego e proteção.


E simplesmente tenha fé

Ter é crer firmemente em algo, sem ter em mãos nenhuma evidência de que seja verdadeiro ou real o objeto da crença.

Gratidão!

Ellen Allmye

Nenhum comentário:

Postar um comentário